Elenco de “Alf, o ETeimoso” (Imagem: Divulgação)

Sucesso no Brasil nas décadas de 1980 e 1990, a série “Alf, o ETeimoso” (1986-1990) marcou as tardes de domingo da Globo. A produção retratava a vida de um extraterrestre guloso, mal-humorado e glutão, mas muito carismático e falastrão.

O sitcom é uma comédia inspirada no filme “E.T. O Extraterrestre” (1982), de Steven Spielberg, e retrata o dia a dia e a adaptação de um ovni à vida terrena após um acidente espacial. Alf desaba na garagem da família Tanner e passa a fazer parte da mesma por quatro longas temporadas até ter seu final chocante no último capítulo da série, que foi cancelada sem muitas explicações.

No sistema capitalista, Alf precisou trabalhar e foi vendedor de perfumes, corretor de seguros, entre outras profissões. A saga mostrava de forma crítica a vida cotidiana do norte-americano, que atuava de maneira mecânica, medíocre e superficial. A seguir, confira algumas curiosidades sobre a série.

1 – O seriado “ALF“, anagrama da expressão em inglês “Alien Life Form” (Forma de Vida Alienígena), estreou na TV norte-americana em 22 de setembro de 1986 pera rede NBC. No total, o sitcom tinha 102 episódios divididos em 4 temporadas. O último e mais tenebroso capítulo foi exibido em 24 de março de 1990. Apelidado de “Alf” por William Tanner no primeiro episódio, a personagem foi inspirado no filme “E.T. O Extraterrestre” de Steven Spielberg.

2 – No Brasil, o seriado estreou em 1987 e ganhou o nome de “Alf, o ETeimoso”, na TV Globo dentro do programa “Sessão Comédia”, aos domingos, ao meio-dia, até 1995. Após ser exibido no plim plim, “Alf, o ETeimoso” migrou para os sábados da Band (1995-2000). Em 2004, Alf foi exibido pelo SBT aos sábados, ao meio-dia. Na TV fechada, o título teve exibições na Warner Channel, na década de 1990; Nickelodeon e TCM.

Alf e Willie (Imagem: Divulgação)

3 – ALF era um alienígena cujo nome era Gordon Shumway, vindo do planeta Melmac. O ET seguia um sinal de rádio amador pelo espaço e acabou caindo na Terra, bem dentro da garagem da família Tanner. Típica família de classe média norte-americana, os Tanners viviam em Riverside, na Califórnia e consistia em Willie (Max Wright), Kate (Anne Schedeen), a adolescente Lynn (Andrea Elson), Brian (Benji Gregory) e o felino Lucky.

Os Tanners (Imagem: Divulgação)

4 – Com o visitante espacial na garagem, a família esconde, na cozinha, o ET da Alien Task Force, que era um grupo do exército responsável pela captura de extraterrestres, até que o ovni consertasse sua nave espacial. O planeta de Alf, Melmac, segundo o seriado, explodiu por causa de uma catástrofe de bombas nucleares, no entanto, o ET diz que seu planeta explodiu após uma sobrecarga elétrica motivada após todos os seus habitantes ligarem o secador de cabelo ao mesmo tempo. Alf não estava no planeta durante a explosão porque fazia parte da Guarda Orbital de Melmac.

Alf (Imagem: Divulgação)

5 – Mesmo considerada uma série humorística, Alf faz referências a vários tópicos da realidade como a exploração espacial, extraterrestres, modo de vida norte-americano, consumismo, política, dentre outras temáticas.

6 – Algumas mudanças ocorreram com a Família Tanner ao longo da série, como o nascimento de um novo filho, a construção de um apartamento para Alf e a morte da gata Lucky. Embora passe parte da série tentando pegar Lucky para comer, pois em seu planeta gatos são um prato comum, Alf mostra seu respeito com a morte da felina.

Alf e a gata Lucky (Imagem: Divulgação)

7 – Alf nasceu em 28 de outubro de 1756 – embora ele tenha dito no episódio “Help Me Rhonda”, que nasceu em agosto – no leste do planeta Melmac. A moeda de Melmac é chamada de Wernick – batizada em homenagem ao produtor Sandy Wernick – que vale U$ 10. Em Melmac, os fiapos das roupas que sobram nas lavanderias, valem tanto quanto o ouro por aqui na Terra. Alf frequentou a escola por 122 anos onde foi capitão do time de “bouillabaisseball”, esporte que se joga com frutos do mar ao invés de bola. O ETeimoso gosta de arrotar, comer gatos e tinha Malhar Naik como seu melhor amigo. Além disso, tinha os amigos Skip e Rhonda. Era considerado mal-educado, glutão e grosseiro.

Alf e os sobreviventes de Melmac (Imagem: Divulgação)

8 – Alf era dono de um humor sarcástico e ácido. Causador de problemas, o ovni era desastrado e cínico. Altruísta, Alf ajudava os membros da família em ocasiões necessárias. Em um episódio, o ET tenta ajudar Brian a ganhar confiança na escola dando a ele um amuleto (um “dente da sorte”), que ele disse ter sido uma estrela de Melmac. Em outra ocasião, Alf vendeu o ouro que tinha em sua espaçonave para ajudar Lynn a comprar uma Ferrari.

9 – Na versão original, Alf era feito pelo seu criador, Paul Fusco, que manipulava o boneco (Alf era uma marionete que se escondia por trás de vários elementos do cenário como arbustos, mesas, balcões, sofás entre outros). Alf aparecia só com a parte de cima, em várias ocasiões do seriado. Quando aparecia caminhando, de corpo inteiro, era porque um ator vestia a roupa para executar as cenas. Por conta disso, foram usados dois tipos de fantasias: uma só da parte de cima, da cabeça à barriga, e outra de corpo inteiro.

Alf (Imagem: Reprodução)

10 – O artista por baixo da fantasia de Alf era Mihaly Michu Meszaros, cuja altura era de 83 centímetros. Michu atuou por 11 episódios do seriado. Ele morreu aos 76 anos, em 2016, em decorrência de problemas de saúde. O atore sofreu um derrame em 2008. Michu era húngaro e começou sua carreira artística no circo. O artista ganhou tanta fama interpretando Alf que ficou amigo de Michael Jackson, com quem fez o comercial da Pepsi Dreans, em 1992. Além disso, foi incluído na capa do álbum Dangerous (1991).

Alf e Michu (Imagem: Divulgação)
Michu e Michael Jackson (Imagem: Divulgação)

11 – A atriz Anne Schedeen, que dava vida à mãe da família Kate Tanner, declarou que os bastidores das gravações eram um pesadelo. A atriz Andrea Elson sofria de bulimia durante o seriado e disse que não tinha condições de fazer mais uma temporada. Para o criador da série, Paul Fusco, a versão apresentada pelos atores não era verídica. Havia lentidão nas gravações, daí o estresse, por causa das etapas a serem seguidas como tomadas de cenas, enquadramentos e demais aspectos, porém, tudo era muito bem remunerado.

12 – A voz de Alf, na dublagem brasileira, ficou sob responsabilidade de Orlando Drummond, conhecido pelas vozes de personagens clássicos como Popeye, Scooby-Doo, Papai Smurf, Pepe Legal, Gato Guerreiro (He-Man) e Vingador (Caverna do Dragão). Na TV, Drummond é conhecido pela famosa personagem Seu Peru, de “A Escolinha do Professor Raimundo”.

Orlando Drummond (Imagem: Divulgação)

13 – Os 102 episódios de Alf tinham o nome relacionados aos de músicas, que davam pistas do que aconteceria em cada um. O sucesso da série fez com que o ET virasse referência em outras produções. Alf já deu as caras em “Os Simpsons” e “Uma Família da Pesada”. Um boneco do Alf também apareceu no seriado “The Big Bang Theory”, quando Haward ganha o brinquedo.

14 – O último episódio é traumático e traz Alf capturado pelas forças militares dos Estados Unidos. Chamado de “Consider me Gone”, o capítulo mostra Alf fazendo contato com alguns amigos de seu planeta. Convidado para ir para o novo planeta “comprado” por estes amigos, o ET tem que tomar uma decisão drástica em um curto período de tempo entre ficar ou ir embora da Terra.

Alf é capturado pelos militares (Imagem: Reprodução)

15 – Vale relembrar que no primeiro episódio os militares da Task vão à casa dos Tanners interrogá-los sobre a possível presença de um extraterrestre na região. Frases como: “Veremos como ele responde a intenso calor, frio congelante, alta voltagem, substâncias químicas, dor, privação de sono, inoculação de agulhas e , é claro, dissecação” causaram espanto nos fãs.

Militar interrogando Kate (Imagem: Reprodução / YouTube)

16 – Assim que decide deixar a família Tanner, Alf vai para o local do encontro, mas algo dá errado e, ao invés de amigos, a Alien Task Force o espera. Com a chegada dos militares – que descobrem o paradeiro de Alf após decifrarem um código alienígena -, o ET que esperava Alf em uma nave vai embora e o alien acaba capturado pelos vilões. A série, portanto, acaba sem final.

17 – O seriado foi cancelado sem que os produtores soubessem do fim. Por causa disso, a história do ET teve um final enigmático e triste, pois foi pensado que Alf seria resgatado da Alien Task Force, mas não houve renovação e o final ficou como um dos mais chocantes de todos os seriados da época. Em 1996, após muitas críticas pelo final trágico, foi criado um filme chamado “Projeto Alf”, dirigido por Dick Lowry, que mostrava Alf fugindo da base militar, após 6 anos preso, com a ajuda de alguns soldados que evitaram sua execução que estava marcada. A ideia era seguida à risca como planejado para a sequência da 5ª temporada da série. Livre, Alf não encontraria os Tanners e nem voltaria pra Melmac. O ET se tornaria, portanto, embaixador extraterrestre na Terra.

“Projeto Alf” (Imagem: Reprodução)

18 – Segundo boatos, os produtores do seriado tinham um acordo verbal com a NBC para fazer o último episódio, no entanto, o acordo não foi firmado, a NBC retirou o apoio ao título e o motivo do cancelamento do seriado não foi divulgado.

19 – O bebê Eric não estava no roteiro original da história. Ele foi colocado porque a atriz Anne Schedden ficou grávida de verdade.

Família Tanner (Imagem: Divulgação)

20 – A voz original de Alf foi interpretada por Paul Fusco, mas este segredo ficou guardado por décadas. Guloso, Alf comia demais. Ele tinha oito estômagos e sempre precisava de grandes quantidades de alimentos.

Alf comendo (Imagem: Reprodução)

21 – A atriz Anne Schedden, que interpretou Kate Tanner – esposa de Willie Tanner -, era amiga de Paul Fusco e, por isso, estreou no seriado. Anne não teve trabalhos expressivos após “ALF”. Depois de fazer testes atrás de testes, Anne fez participações pequenas e despercebidas. Atualmente está aposentada, mas trabalha com designer.

Anne Schedeen era Kate (Imagem: Reprodução / Montagem)

22 – George Edward Maxwell Max Wright interpretou Willie Tanner, marido de Kate Tanner. O chefe da família estava longe de ter a mesma vida pacata e rotineira por trás das câmeras. Willie vive na Califórnia e teve um histórico conturbado com drogas e um escândalo sexual em que imagens de um vídeo de sexo entre ele e dois homens foram parar na mídia.

Max Wright (Imagem: Reprodução / Montagem)
Max usando drogas (Imagem: Reprodução)
Jornal publicou polêmica de Max (Imagem: Reprodução)

23 – Andrea Elson era Lynn Tanner, filha adolescente da família. A atriz fez alguns papéis em séries e filmes, no entanto, casou-se em 1998 e teve uma filha, tornando-se dona de casa.

Andrea Elson (Imagem: Reprodução / Montagem)

24 – Benji Gregory era Brian Tanner, o filho caçula dos Tanners. O ator cresceu e acabou “sem graça”. Abandonou a carreira de ator em 1993 e, atualmente com 37 anos, ingressou na Marinha.

Benji Gregory (Imagem: Reprodução / Montagem)

25 – A vizinha intrometida, Raquel Ochmonek, era interpretada pela atriz Liz Sheridan. Lizf oi quem se deu bem na carreira do elenco de Alf. Aos 86 anos, a veterana segue atuando em séries e filmes.

Liz Sheridan (Imagem: Reprodução / Montagem)

26 – John LaMotta deu vida a Trevor Ochmonek, o vizinho intrometido casado com Raquel. Recentemente, deu uma entrevista dizendo que “ALF” foi “o pior trabalho que fez em sua carreira”. Segue como ator, porém, sem o mesmo destaque.

John LaMotta (Imagem: Reprodução / Montagem)

27 – Alf ganhou um talk show, em 2004, no canal TV Land. A atração se chamava “Alf’s Hit Talk Show” e o alienígena recebia convidados e protagonizava pequenas esquetes de humor. Embroa promissor, o programa foi considerado um fracasso e teve 7 episódios.

28 – Em 2011, no Super Bowl, a NFL fez um comercial com cenas clássicas do seriado. O evento mostrou personagens icônicos usando camisas dos times de futebol norte-americano. Alf foi visto usando a jersey do Carolina Panthers, time de Charlotte, Carolina do Norte.

Alf e a camisa do Carolina Panthers (Imagem: Divulgação)

29 – ALF virou cultura pop e participou de comerciais por todo o mundo. A seguir, confira alguns.

30 – Alf virou desenho animado e viveu aventuras em seu planeta Melmac, antes de vir pra Terra. Após o fim de cada episódio, Alf aparecia pessoalmente. Suas dublagens foram feitas pela Herbert Richers, tando o seriado quanto o desenho.

_____________________________________________

Reuber Diirr é jornalista formado pela Universidade Federal do Espírito Santo com especialidade no entretenimento de TV. Atuante em sites sobre Televisão, Reuber já passou por emissoras como a Record News Espírito Santo e a TV Gazeta, afiliada da Globo no ES. Curioso e ligado em assuntos nostálgicos, Reuber trará temáticas que relembrarão os meandros da televisão brasileira na coluna “TV Nostalgia”, publicada aos domingos no RD1. Siga-o no Twitter, Instagram, Facebook e YouTube em @reuberdiirr.

_____________________________________________

Saiba Mais:

Chapolin Colorado: desastrado ou anti-herói? Descubra algumas curiosidades do seriado mexicano

Relembre 10 programas infantis que marcaram os anos 1980 e 1990 na TV brasileira

Confira 20 bordões que deram o que falar nas novelas brasileiras

Veja 14 personagens que saíram dos desenhos para a vida real

Recomendados para Você:

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Está opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!