Carla Vilhena é detonada na web após comentário na CNN Brasil sobre máscaras no Talibã

Carla Vilhena
Carla Vilhena é massacrada após comentário em telejornal (Imagem: Reprodução / CNN Brasil)

A CNN Brasil virou novamente um dos assuntos mais comentados do Twitter nesta segunda-feira (16). O motivo? Um questionamento feito por Carla Vilhena durante um dos telejornais do canal de notícias.

Tudo aconteceu quando a apresentadora comentou a ascensão do grupo terrorista Talibã no Afeganistão. Após exibir um vídeo mostrando dezenas de afegãos conversando com a correspondente da CNN, a ex- Globo, então, chamou a atenção para o fato do baixo número de afegãos usando máscara de proteção.

“Outra coisa que me chamou a atenção ali foi a falta de máscara. Você viu que só dois, um até com o nariz de fora, usavam máscaras, sendo que o Afeganistão é um dos países que tem menos vacinados do Mundo”, disparou a âncora.

No Twitter, então, muitos internautas criticaram a fala de Vilhena, que ocorre num momento em que muitos afegãos estão tentando deixar o território com medo de morrer.

“Em meio a ação terrorista sem precedentes do talibã no Afeganistão, a âncora da CNN, Carla Vilhena, ignora o Pânico, fuga da morte por decapitação, fuzilamento e fogueira humana e cobra máscaras. É sério! Máscaras… Meu Deus…”, criticou uma internauta.

“Esse é o nível do ‘jornazismo’ do Brasil. Afegãos correndo risco de morte e âncora da CNNlixo Carla vilhena preocupada com uso de máscaras”, declarou outro.

Confira a repercussão:

Luiz Fábio Almeida
Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e colunista do RD1. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser através do email [email protected]
Veja mais ›