Carlinhos Brown lembra “cancelamento” no Rock in Rio e revela: “Era racismo”

Carlinhos Brown
Carlinhos Brown lembrou da polêmica no Rock in Rio (Imagem: Reprodução / Globo)

O histórico momento do Rock in Rio em que Carlinhos Brown foi alvo de vaias e garrafadas da plateia, em 2001, atualmente é visto como “cancelamento”. O cantor enxerga o momento como de puro racismo.

Tudo ocorreu quando o baiano abria o dia de apresentações dedicadas ao metal, que tinha como destaque da programação a banda Guns N’ Roses. 20 anos depois, ele falou sobre a situação.

“Precisamos de tempo para observar o que são as coisas. E o cancelamento talvez seja a síntese [daquele episódio]. E dentro do cancelamento tem tudo. Tem racismo, preconceito contra o gênero, contra a música“, declarou o técnico do The Voice Brasil, da Globo, em entrevista à Folha.

Brown ainda afirmou: “Eu era um artista muito mais frágil naquele momento, com expectativas gigantes jogadas naquele momento, eu já estava com música estourada — já tinha criado, com meus amigos, o axé music. Mas eu era frágil com inocências antropofagistas. Me vestia como índio, eu não queria me vestir como o cara do rock’n’roll”.

Naquele ano, o Rock in Rio sofreu muitas críticas e seis bandas brasileiras — Skank, O Rappa, Raimundos, Cidade Negra, Jota Quest e Charlie Brown Jr — boicotaram o evento.

“Que bom que houve aquele choque porque a gente sabia que, no Rock in Rio, a palavra rock, suas quatro letras, era maior que Rio. Mas a gente também estava dizendo que o Rio é enorme. A música brasileira precisava ser mostrada”, desabafou Carlinhos Brown.

O cantor, no entanto, mostrou que não guarda mágoas e disparou: “Queria fazer um convite, quero fazer aquele show de novo”.

Convite inesperado

Na semana passada, durante o The Voice, Brown pegou uma participante do The Voice Brasil, da Globo, completamente de surpresa com um convite. O técnico se despediu de Leticia Coutinho, que foi derrotada na competição, mas antes surpreendeu.

“Agora, eu peço uma chance. Você não quer cantar com as Timbaladies? Para a gente continuar essa experiência, porque você é uma grande cantora. Queria continuar essa experiência na Bahia porque você sabe, eu não desisto!”, disse o famoso.

Visivelmente em choque, a cantora respondeu: “Meu Deus, esse convite… muito obrigada! Eu quero agradecer a Deus a essa oportunidade”.

MAIS LIDAS

Luiz Fábio Almeida
Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e colunista do RD1. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser encontrado através do email [email protected]
Veja mais ›