Carlos Alberto de Nóbrega é internado às pressas e SBT cancela gravações

A Praça É Nossa
Carlos Alberto de Nóbrega tem mal-estar e SBT cancela gravações (Imagem: Reprodução / SBT)

De última hora, o SBT cancelou as gravações de A Praça É Nossa previstas para a tarde desta quarta-feira (20) por causa de um mal-estar de Carlos Alberto de Nóbrega, de 85 anos.

A assessoria do canal informou que o apresentador foi internado às pressas no Hospital Sírio Libanês para a realização de um cateterismo para tratar uma arritmia cardíaca leve.

A equipe médica não deu prazo para a alta do famoso. O elenco foi avisado da situação e não apareceu para o trabalho na sede da emissora de Silvio Santos.

No primeiro semestre deste ano, Carlos Alberto foi diagnosticado com Covid-19. Ele passou 14 dias em isolamento social e se recuperou totalmente da doença.

Vida longa no SBT

Em agosto, durante entrevista para o canal de Rafinha Bastos, Carlos Alberto de Nóbrega falou sobre a sua situação no SBT. “A vida é um ciclo. No dia que acabar o meu ciclo… Eu já estou com 85 [anos]. Daqui a um ano e meio acaba o meu contrato, eu vou estar com 87 anos. Eu não sei se eles [SBT] vão querer renovar o meu contrato”, desabafou.

“O público quer rir, ainda mais nesse horário nojento que eu tenho: 23h30. Isso é uma coisa de uma crueldade que não tem tamanho”, reclamou.

Ele cogitou duas opções a partir de 2023: “Eu não sei se vão me deixar um cargo, um prêmio, ou se eles vão dizer ‘benção e tchau’. Eu não vou entrar em crise… Eu vou para a rua, para o teatro contar a minha vida, cara. Vou dar palestra”, considerou.

No mesmo programa, Carlos Alberto recordou a briga com Gorete Milagres. “Eu fiquei mil vezes mais chateado com o Silvio do que com ela, porque se ela não tem a responsabilidade, a humildade, o Silvio tem. Então o Silvio deixar foi muito pior do que ela pedir”, detonou.

“Meu filho [Marcelo de Nóbrega] disse que ela pediu desculpas, disse que não é nada disso, eu disse: ‘filho, depois que eu morrer, se você quiser você põe, mas comigo vivo nunca mais ela senta naquele banco’. Não é que eu tenha raiva dela, eu não quero trabalhar com ela. Quero que ela seja feliz, quem não erra na vida? Mas não vai errar a segunda, senão eu sou burro”, considerou.

MAIS LIDAS

Paulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email [email protected].
Veja mais ›