Cinco anos após agressão, Luiza Brunet se recompõe e dispara: “Eu decido ficar com o homem”

Luiza Brunet
Luiza Brunet se diz pronta para um novo amor (Imagem: Divulgação)

Luiza Brunet poderia ter desacreditado do amor, mas a agressão doméstica que sofreu do seu ex-namorado, o empresário Lírio Parisotto, em 2016, não foi capaz de anular a romântica incurável que habita na ativista pelos direitos das mulheres.

Em entrevista ao Notícias da TV, a famosa abriu seu coração e revelou ter planos de envelhecer ao lado do homem dos seus sonhos.

Creio no amor, por isso que tive três casamentos. E acredito demais. Eu gostaria de viver minha vida até o final ao lado de um homem maravilhoso, andando de mão dada, sabe? Numa pracinha, tomando sol e jogando dominó. E existe isso. É possível. Admiro os casais que têm uma longevidade no relacionamento, pois é lógico que a parte sexual e a paixão se transformam em amor, em companheirismo, e é muito sagrado isso. Com o tempo, é isso que buscamos“, declarou.

Apesar do desejo, ela reconheceu que a tarefa não é fácil. “É difícil. É difícil até porque o que busco são esses homens com conteúdo, gosto de homens mais velhos, que têm o comportamento que me agrade e que seja parecido com o meu. Então, o nicho vai ficando mais apertado, mas há de existir homens que ainda queiram uma mulher madura, ativista, que já é independente. Não sou uma mulher comum. Tenho meus preceitos“, esclareceu.

Questionada se o que intimida os candidatos é o seu empoderamento ou beleza, a musa destacou:

Acho que mais pelo empoderamento. É difícil um homem entender a mulher que é autossuficiente economicamente, que tem a vida estabilizada… Depois, ‘ela fala demais’, é feminista, toma atitude, ‘o cara bateu nela e ela foi lá e fez denúncia’. Acho que assusta, mas acho que há homens que admiram as mulheres que são corajosas. Hoje em dia, temos que fazer a diferença na sociedade. E a diferença só fazemos com atitudes contundentes e pensamentos progressivos“.

Em seguida, disparou: “Eu decido quando eu decido ficar com o homem“. Neste momento, porém, não há ninguém no páreo.

Estou tranquila. Na verdade, o impacto que sofri com essa violência doméstica… E acho que isso acontece com muitas mulheres também, você fica meio receosa quando conhece alguém. É difícil entregar o coração para alguém. Mas estou buscando. Estou, como diz o pessoal jovem: estou na pista“, revelou aos risos.

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›