Cinco programas para substituir – e dar mais audiência – que Mestre do Sabor

Esta coluna sugere opções à Globo para substituir Mestre do Sabor
Esta coluna sugere opções à Globo para substituir Mestre do Sabor (Imagens: Divulgação – Reprodução – Globo / Montagem – RD1)

A  segunda temporada de Mestre do Sabor está entrando na reta final. Se os planos da Globo não mudarem, o reality culinário chega ao fim em 23 de julho.

Como a pandemia de coronavírus comprometeu o planejamento de todas as emissoras, o The Voice Brasil, que seria exibido na sequência, está suspenso. Pensando nisso, esta coluna sugere à cúpula da emissora cinco programas para substituir – e dar mais audiência – que Mestre do Sabor.

É válido lembrar que, por enquanto, essa lista é mera especulação. A decisão oficial deve ser divulgada em breve:

1 – Sob Pressão (primeira temporada)

Sob Pressão
Marjorie Estiano e Julio Andrade, como Carolina e Evandro, em “Sob Pressão” (Imagem: Divulgação / Globo)

Já que às terças a Globo decidiu apostar na reprise precoce de Cine Holliúdy, como informou em primeira mão esta coluna, não se pode descartar uma reexibição. Neste caso, uma boa opção seria a primeira temporada de Sob Pressão, série protagonizada por Marjorie Estiano e Júlio Andrade.

Baseada no filme homônimo lançado em 2016, a série acompanha o dia-a-dia tumultuado da equipe médica de um hospital público próximo à Favela da Maré, cuja infraestrutura é perigosamente precária.

Cercados da adversidade típica das comunidades carentes, a equipe é obrigada a enfrentar diariamente os mais complexos desafios da medicina moderna e as mais delicadas provações emocionais, inerentes não só à natureza da profissão que exercem, como também à própria relação que mantém uns com os outros.

Aclamada pelo público e crítica, esta seria uma oportunidade para o público rever o começo da história. Além disso, destaca-se a possível dobradinha com outra série médica. The Good Doctor volta na próxima quinta-feira (25) substituindo o Lady Night.

 2 – A Grande Família (melhores episódios)

Numa eventual reprise, A Grande Família voltaria ao seu horário original (Imagem: Divulgação / Globo)

Ainda no quesito reprise, outra alternativa é exibir, mais uma vez, os melhores episódios de A Grande Família. Caso isso se concretize, será a oportunidade de rever as histórias de Lineu (Marco Nanini) e Nenê (Marieta Severo) em seu horário original.

Os bons resultados conquistados na reprise de 2019 atestam que as situações vividas por aqueles personagens sempre valem a pena ver de novo. As tentativas de trambiques de Agostinho (Pedro Cardoso) e os dilemas amorosos de Marilda (Andrea Beltrão) são capazes de provocar boas risadas e até mesmo reflexões.

Não bastasse o entrosamento do elenco fixo, vale à menção às inúmeras participações especiais ao longo das temporadas. Visitaram a família nomes consagrados como Laura Cardoso, Grazi Massafera, Fabiula Nascimento e Camila Pitanga, entre outros. Isso sem mencionar Glória Pires e Tony Ramos, que abrilhantaram o último episódio.

Os pontos negativos passam pelo fato de que a série segue em exibição no Viva. Além disso, o auge criativo aconteceu na primeira metade da série, quando A Grande Família ainda era gravada em SD. Será que a emissora bancaria uma reprise antiga em horário nobre?

3 – Que História é Essa, Porchat?

Fábio Porchat
Fábio Porchat à frente do Que História é Essa, Porchat?; programa pode seguir o caminho do Lady Night (Imagem: Divulgação / GNT)

Já que a Globo está cada vez mais empenhada em promover a integração entre televisão aberta, canais por assinatura e internet, poderia dar uma chance e apresentar ao telespectador as melhores edições do Que História é Essa, Porchat?

Sucesso de público e crítica,  o programa se destaca por valorizar boas histórias. Neste cenário, os convidados famosos mostram o seu lado “gente como a gente”. Para dar um tempero a mais, pessoas da plateia também podem recordar acontecimentos que viveram.

Foi assim, por exemplo, que o telespectador descobriu como um grupo de amigas anônimas conseguiu entrar, por engano, em uma festa na casa de Luciano Huck. Angélica, por sua vez, relembrou quando recebeu um atendimento emergencial em uma clínica veterinária.

Outro diferencial da atração é o engajamento gerado nas redes sociais, que pode ser multiplicado com uma potencial exibição na TV aberta. Afinal de contas, boas histórias devem ser contadas ao máximo de pessoas possível.

4 – Projeto de Lives na faixa de Mestre do Sabor

Ivete Sangalo
Ivete Sangalo com o filho Marcelo, durante live que abriu o projeto da Globo (Imagem: Reprodução / Globoplay)

O planejamento original da Globo era que o horário de Mestre do Sabor fosse ocupada pela nova temporada do The Voice. Se a ideia for continuar apostando em musicais, a sugestão desta coluna é deslocar o projeto Em Casa do sábado para as quintas.

Aos fins de semana, a emissora já exibiu apresentações de Ivete Sangalo, Alok e Luan Santana. Ao destinar às lives um espaço fixo na grade, a emissora poderá transmitir mais tempo do show em TV aberta.

Destaca-se ainda a possibilidade de convidar representantes de diversos gêneros musicais. Comercialmente, projeta-se a possibilidade de patrocinadores diferentes a cada semana.

5 – Séries inéditas do Globoplay

Cauã Reymond
Ilha de Ferro tem duas temporadas gravadas (Imagem: Divulgação / Globo)

Para encerrar esta lista de sugestões, vale ressaltar que a Globo também pode recorrer as séries inéditas no Globoplay. Vários títulos disponíveis na plataforma de streaming podem ganhar uma chance em TV aberta.

São os casos, por exemplo, de Arcanjo Renegado, série policial protagonizada por Marcelo Mello Júnior. Se quiser agradar aos fãs de comédia, a emissora pode apostar em Shippados, último trabalho da roteirista Fernanda Young.

Por fim, podemos citar Ilha de Ferro. Protagonizada por Cauã Reymond, a série que acompanha trabalhadores de uma plataforma de petróleo teve duas temporadas gravadas. Nenhuma delas, porém, chegou à TV aberta.

A decisão da Globo a gente ainda não conhece. Mas é bastante provável que a próxima atração das noites de quinta supere os índices de Mestre do Sabor. Cá entre nós, esta não é uma missão difícil.

Qual vai ser o programa escolhido? O bolão está oficialmente aberto: façam suas apostas!

CONTINUE LENDO →
Piero Vergílio é jornalista profissional desde 2006. Já trabalhou em revistas de entretenimento no interior de SP e teve passagens pelo próprio RD1. Em tempos de redes sociais, criou um perfil (@jornalistavetv) para comentar TV pelo Twitter e interagir com outros fãs do veículo. Agora, volta ao RD1 com a missão de publicar novidades sobre a programação sem o limite de 280 caracteres.
ALERTAS GRATUITOS