Com apresentações remotas, Globo marca reestreia do The Voice Kids

The Voice Kids
Em volta da temporada, apenas apresentadores e jurados estarão no estúdio (Imagem: João Cotta / Globo)

Agora é oficial. Interrompido em março por conta da pandemia de Coronavírus, o  The Voice Kids já tem data para voltar ao ar na Globo:  13 de setembro.

Serão, ao todo, cinco novas edições até conhecermos o campeão – ou campeã – da temporada. Na primeiro episódio, porém, a emissora vai fazer uma retrospectiva, para refrescar a memória do público.

Na semana seguinte, a partir do dia 20, recomeçam os programas inéditos. De acordo com o cronograma divulgado pela Globo, a final está prevista para 11 de outubro, véspera do Dia das Crianças.

A volta do The Voice Kids em tempos de pandemia

A intenção da Globo em retomar a temporada foi antecipada por esta coluna na última semana. Para viabilizar este retorno, porém, o canal precisou fazer algumas adaptações no formato.

A principal novidade é que no estúdio estarão apenas André Marques, Thalita Rebouças e o júri: Carlinhos Brown, Simone & Simária e Claudia Leitte.

A essa altura, o leitor pode estar se perguntando: mas e as crianças? As grandes estrelas do espetáculo farão suas apresentações remotamente.

A Globo ainda não deu detalhes de como vai viabilizar essa dinâmica, mas esta coluna aposta que os números musicais serão pré-gravados. Esse cuidado é necessário até para evitar a ocorrência de algum problema técnico, que possa interferir no desempenho do concorrente.

Os técnicos, porém, assistem aos shows junto com o público de casa. E, depois, ao vivo, interagem com os candidatos e tomam a sua decisão.

Entenda a dinâmica

Se ainda resta algum mistério relacionado à questão operacional, a Globo já esclareceu como serão as próximas fases do The Voice Kids.

Em 20 e 27 de setembro ocorrem as eliminatórias. Nesta fase, quatro crianças de cada time se apresentam a cada semana. Uma delas seguirá na competição pelo voto popular, enquanto outra será salva pelo seu respectivo técnico. As duas que restarem deixam a competição.

Dia 04 de outubro, na semifinal, a mesma dinâmica se mantém. Os três times terão quatro representantes, dois seguirão na disputa. Novamente, técnicos e público fazem uma escolha cada.

Finalmente, em 11 de outubro, cada equipe terá apenas dois representantes. Desta vez, os jurados perdem o seu voto e a decisão caberá exclusivamente ao telespectador.

A audiência do The Voice Kids

Apesar de uma queda em relação ao anos anteriores, o The Voice Kids ainda é o programa com melhor desempenho nesta faixa. Os onze episódios inéditos desta temporada acumularam uma média de 13,7 pontos em São Paulo, principal praça do PNT.

A média cai para 12,1 pontos se considerarmos apenas as cinco edições com os melhores momentos. De qualquer maneira, os números estão bem acima do Tamanho Família.

Em quinze semanas no ar, o dominical de Márcio Garcia alcançou os dois dígitos em apenas três exibições. O formato acumula uma média de 9,2 pontos. Seu recorde negativo foi batido no último dia 19 de julho, com apenas 7,3 pontos.

Se estiver com saudades do The Voice Kids e não quiser esperar até setembro, basta ir ao Globoplay.

CONTINUE LENDO →
Piero Vergílio é jornalista profissional desde 2006. Já trabalhou em revistas de entretenimento no interior de SP e teve passagens pelo próprio RD1. Em tempos de redes sociais, criou um perfil (@jornalistavetv) para comentar TV pelo Twitter e interagir com outros fãs do veículo. Agora, volta ao RD1 com a missão de publicar novidades sobre a programação sem o limite de 280 caracteres.