CPI da Pandemia faz CNN Brasil superar GloboNews, Record News e RedeTV! na audiência

CNN Brasil
Live CNN, com Daniel Adjuto e Marcela Rahal, faz sucesso com CPI da Pandemia (Imagem: Divulgação / CNN Brasil)

A CNN Brasil vem fazendo sucesso com a cobertura da CPI da Pandemia. No último dia 11 de maio, o canal conseguiu superar a principal rival, GloboNews, ficando à frente também da BandNews e da RedeTV!, durante as declarações do presidente da Anvisa Antonio Barra Torres.

Segundo o Notícias da TV, o depoimento foi exibido entre 10h22 e 16h39, e rendeu à CNN a média de 0,79 pontos na Grande São Paulo, com pico de 1,8 às 12h37, horário em que é exibido o Live CNN Brasil, comandado por Daniel Adjuto e Marcela Rahal.

No mesmo horário, a GloboNews teve 0,69 pontos, a Record News marcou 0,12, e a RedeTV ficou com 0,54 pontos. A sabatina durante a comissão fez a Live CNN registrar quase o dobro das concorrentes. Exibido das 11h às 14h56, fechou com 1,05 de média contra o Jornal da GloboNews – Edição das 10h e o Estúdio i, que entregaram nessa faixa a média de 0,6 pontos.

Durante o depoimento, Barra Torres confirmou I que uma proposta de incluir, por decreto, a recomendação para Covid-19 na bula da cloroquina foi apresentada pelo presidente Bolsonaro no ano passado, como revelou anteriormente o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta.

Ele disse ter se manifestado contra a iniciativa, que não teria cabimento considerando as regras sobre medicamento em vigor no país.

Quando houve uma proposta de pessoa física de fazer isso, me causou uma reação um pouco mais brusca, eu disse: ‘olha, não tem cabimento, não pode’. E a reunião inclusive nem durou muito mais depois disso”, afirmou, ao ser questionado pelo relator da CPI, senador Renan Calheiros (MDB-AL).

Além disso, o diretor da Anvisa enfatizou que não há dados que demonstrem que medicamentos chineses, proporcionalmente, recebem mais avaliações negativas por parte da agência do que os produzidos de outros países. Ele também afirmou que não há qualquer aspecto técnico que desabone o país asiático e seus produtos de saúde.

“No mundo, hoje em dia, temos dois grandes países que detêm a primazia na produção, principalmente, do IFA. Um deles é a Índia e o outro é a China. De maneira direta ou indireta, esses países acabam influenciando na produção de medicamentos no mundo”, destacou.

AvatarDa Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›