Dani Calabresa e Marcius Melhem se encontram em audiência judicial de oito horas

Dani Calabresa
Dani Calabresa e Marcius Melhem se encontram em audiência (Imagem: Divulgação – Globo / Montagem – RD1)

Dani Calabresa e Marcius Melhem precisaram ficar frente a frente por oito horas durante uma audiência judicial. O encontro, que aconteceu de forma virtual, foi feito há alguns dias e faz parte de um processo que os dois enfrentam.

A informação foi confirmada pela colunista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo. Esta foi a primeira vez que os humorista se encontraram depois que vieram à tona as denúncias de assédio sexual e moral feitas por profissionais da emissora contra ele. A famosa, cabe lembrar, foi uma das primeiras a formalizar as queixas no compliance da Globo.

Porém, o encontro virtual entre eles não foi feito por causa de algum processo aberto por Dani Calabresa. Na verdade, ele acontece após ação em que Marcius Melhem pede que a artista pague a ele R$ 200 mil por danos morais e perdas causados pela denúncia.

De acordo com a publicação, o humorista afirma que vai doar os recursos para uma instituição de caridade, caso vença a disputa. A audiência durou cerca de oito horas e ainda contou com atores, atrizes, roteiristas, diretores e outros profissionais globais, que serviram como testemunhas de acusação e de defesa.

Melhem e Calabresa acompanharam todos os depoimentos, mas não tinham autorização para dirigir a palavra às testemunhas. Tal função só poderia ser feita pelos respectivos advogados e o juiz.

Vídeo polêmico

Nesta semana, um vídeo do ex-chefão do Humor do canal carioca vazou na internet. Nele, o ator apareceu com alguns colegas cantando e dando risada sobre o compliance da empresa.

Com amigos, Marcius Melhem foi até o clima de montanha de Visconde de Mauá. Dentro de um ofurô, o então diretor da Globo debochou da possível punição da emissora contra ele em razão das denúncias de assédio. A informação é do jornalista Leo Dias, do Metrópoles.

No vídeo, a turma do artista inventou uma música ironizando a crise no departamento de Humor: “Não adianta ir reclamar no DAA”. A referência foi ao setor de Desenvolvimento e Acompanhamento Artístico da Globo.

Ainda de acordo com a reportagem, o vídeo foi gravado pouco mais de um ano antes da divulgação da primeira denúncia de assédio contra Melhem. Ele teria sido filmado no dia 15 de outubro de 2018, logo depois que o ex-Zorra assumiu o cargo de chefia dos programas de humor da emissora-líder.

Outro lado

Em contato com o RD1, a defesa de Marcius Melhem esclarece que é absurda qualquer relação entre esse vídeo e as denúncias que foram feitas mais de um ano depois.

As pessoas que cantam na filmagem estavam fazendo menção a uma festa que foi proibida pela emissora. A comemoração foi realizada fora da empresa, e o grupo brincava sobre esse fato. Não há nenhuma relação com as denúncias que sequer existiam.

MAIS LIDAS

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›