Daniela Lima é massacrada por noticiar morte de Marília Mendonça e citar pandemia

Daniela Lima
Âncora da CNN tem sido criticada por fala sobre a morte de Marília Mendonça (Imagem: Reprodução / CNN Brasil)

Daniela Lima voltou a ser massacrada por internautas – sendo muitos bolsonaristas – no Twitter, nesta sexta-feira (5). O motivo? Uma fala da jornalista ao noticiar a morte de Marília Mendonça, durante telejornal da CNN Brasil.

Um trecho do CNN 360 de ontem está sendo compartilhado por vários usuários do microblog. Nele, a âncora afirma: “É dia de comoção, num país que já perdeu tanta gente, num país que já perdeu Paulo Gustavo, 607 mil pessoas para a Covid-19… perdemos agora Marília Mendonça”.

O momento postado pelos internautas, porém, cortou o restante da fala da jornalista, que ainda disse: “Perdemos agora Marília Mendonça num desastre, a queda de um avião que a levava. Infelizmente, a notícia que a gente não queria dar se tornou oficial”.

No telejornal, Daniela noticiou a morte da cantora e desabafou: “Chora o Brasil inteiro hoje, choram as mães, os pais, os filhos… choram as pessoas que gostavam e não gostavam da música, mas que reconheciam nela uma mulher do mais absoluto sucesso e indispensável para a cena da música brasileira nos últimos anos. Ela enfileirou hits e parcerias de sucessos”.

No Twitter, o deputado Carlos Jordy escreveu: “A blogueira da CNN Daniela Lima usa a morte da Marília Mendonça para lacrar com a pandemia. Uma comparação esdrúxula e um desrespeito com a família e fãs da cantora”.

“Ficou COMPLETAMENTE louca. Olha a comparação esdrúxula desta muié. Usando a morte de Marilia Mendonça para lacrar! Ela é a mesma do ‘infelizmente temos que dar uma notícia boa'”, comentou mais um internauta.

Confira a repercussão:

MAIS LIDAS

Luiz Fábio Almeida
Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e colunista do RD1. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser encontrado através do email [email protected]
Veja mais ›