Daniela Mercury abre processo contra Eduardo Bolsonaro por difamação e fake news

Daniela Mercury e Eduardo Bolsonaro
Daniela Mercury abre processo contra Eduardo Bolsonaro (Imagem: Reprodução – Instagram – YouTube / Montagem: RD1)

Daniela Mercury abriu um processo contra Eduardo Bolsonaro (PL) por difamação. Segundo informações do UOL Splash, que teve acesso ao advogado da cantora, a ação criminal se iniciou na última quarta-feira, 15 de junho.

No processo, Daniela acusa Eduardo de difamação por ter publicado uma fake news sobre ela nas redes sociais. O filho de Jair Bolsonaro havia postado um vídeo no Twitter em que Mercury, supostamente, dizia que Jesus Cristo era “gay, muito gay, muito bicha, muito viado, sim”.

Daniela se referia ao amigo Renato Russo. Quanto as imagens, elas aconteceram no Festival de Inverno de Garanhuns (FIG), em 2018. Enquanto acontecia a apresentação, a baiana reclamou da retirada da peça “O Evangelho segundo Jesus, Rainha do Céu”.

Veja Também

A apresentação tinha como protagonista uma atriz trans, Renata Carvalho, que interpretava Jesus. Na época em que a peça foi divulgada, virou alvo de críticas do público.

Por meio das redes sociais, Daniela Mercury desabafou: “Censurar uma peça de teatro por convicções religiosas é um absurdo. Isso não pode ser permitido, a nossa Constituição não deixa isso, a nossa Constituição não é a Bíblia.”

“Eu sou de família católica e respeito profundamente, mas a nossa Constituição nos permite sim lidar com símbolos religiosos e falar sobre eles”, completou a artista.

Daniela Mercury dá detalhes de situação que gerou processo contra Eduardo Bolsonaro

Daniela ainda conversou com Renata por telefone. A atriz, por sua vez, revelou que estava magoada com o que aconteceu. Mercury ficou irritada com a situação e definiu as críticas como “maldades”.

“Ela é Jesus Cristo sim. Jesus Cristo, eu sou gay, eu sou lésbica, e daí?”, disparou a cantora, na ocasião. Em seguida, ela pede para que a banda toque Tempo Perdido, famosa música de Renato Russo.

“Eu tô precisando de gente que não é careta, po***, tá chato pra car**** esse país de me***. Vai policiar a p*** que pariu (…)”, disparou Mercury, enquanto cantava. “Meu amigo Renato Russo era gay, gay, muito gay! Muito bicha! Muito viado sim!”, disse ela.

O vídeo da apresentação e Daniela Mercury no evento tem 5 minutos. Já a versão editada de Eduardo Bolsonaro era de apenas 19 segundos. Assista abaixo a versão verdadeira:

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›