Diretor da Jovem Pan News dá chilique e desrespeita jornalistas

Jovem Pan News
Thiago Uberreich no estúdio da Jovem Pan News (Imagem: Reprodução / JP News)

A Jovem Pan News completou duas semanas no ar com vários barracos na conta, tanto em frente às câmeras quanto fora delas. Um diretor, que não teve o seu nome revelado, por muito pouco não entrou na lista dos chefes de TV acusados de assédio moral.

O profissional em questão deu chilique e desrespeitou alguns jornalistas da redação do novo canal de notícias, incluindo Thiago Uberreich, de acordo com as informações do jornalista Flávio Ricco, do R7.

Segundo o que foi exposto, o diretor da JP News ultrapassou os limites do respeito e beirou o assédio moral, uma prática que se tornou cada vez mais recorrente em vários setores da TV em geral.

A Jovem Pan News se mostrou um ambiente nada amigável para os opositores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Adrilles Jorge, fiel ao atual governo, foi protagonista de vários barracos em defesa do “capitão”.

O 1º barraco

O primeiro confronto ocorreu logo na estreia do canal de notícias, no dia 27 de outubro. No Pânico, o humorista André Marinho, ao fazer uma pergunta a Bolsonaro, citou preocupação com o retorno do PT ao poder e indagou ao presidente se “rachador” tem que ir para a cadeia ou não.

“Ô Marinho, você sabe que eu sou presidente da República, eu respondo sobre meus atos, tá ok? Então, não vou aceitar provocação tua. E você recolha-se aí ao teu jornalismo. Não vou aceitar, senão encerro a entrevista agora. Não vou aceitar”, iniciou o presidente.

Bolsonaro completou: “O teu pai é o maior interessado na cadeira do Flávio Bolsonaro. Não vou discutir contigo ou acabo a entrevista agora aqui. O teu pai quer a cadeira do Flávio Bolsonaro, eu decidi com o Flávio indicar teu pai para primeiro suplente, em confiança nele. Não tem mais conversa contigo”.

Depois, André Marinho começou a discutir com Adrilles Jorge. O humorista disse que o chefe do Executivo só responde perguntas de “bajuladores”. “Bajulador é teu pai que bajulava o presidente e não recebeu ministério. Você se transformou em oposição porque seu pai não recebeu ministério. Ah, ‘bajulador’… Me respeita, ô cara de pau”, disparou. “O meu pai não chora no banheiro”, provocou André.

MAIS LIDAS

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›