Diretor de jornalismo da Record, Domingos Fraga morre vítima de Covid-19

Domingos Fraga
Domingos Fraga, diretor de jornalismo da Record, morre vítima de Covid-19 (Imagem: Divulgação / Record)

Aos 62 anos, Domingos Fraga, um dos diretores do jornalismo da Record, morreu neste sábado (12) após complicações da Covid-19. Formado com Comunicação e Direito, ele iniciou sua trajetória no jornalismo como repórter policial.

Ao longo da carreira, Fraga chegou a ser responsável pela cobertura das áreas de economia e ainda comandou as revistas Quem e IstoÉ. Além disso, ainda foi professor na Faculdade Cásper Líbero, em São Paulo.

Nos últimos 15 anos, o profissional atuou em algumas áreas no Grupo Record. Foi editor-chefe do Jornal da Record, diretor de redação da Record Brasília e do R7. Desde o ano passado, quando voltou para São Paulo, assumiu o posto de diretor de jornalismo da Record. Casado, Domingos deixou quatro filhos e uma neta.

A Associação Brasileira de Rádio e Televisão lamentou a morte de Fraga. “Fraga era um dos diretores nacionais de Jornalismo da Record. Com mais de 40 anos de carreira, trabalhava no Grupo Record há mais de 15 anos. Começou sua trajetória no Rio de Janeiro, como repórter no Última Hora e no Jornal do Commercio. Em São Paulo, foi um dos diretores do Jornal do Comércio e teve passagem pelo Grupo Globo, sendo um dos fundadores da revista Quem. Também foi professor de Jornalismo na Faculdade Cásper Líbero, uma das instituições de ensino superior mais respeitadas do país. Engraçado, inteligente e generoso, era um profissional admirado pelos colegas“, afirma a nota, assinada pelo presidente Márcio Novaes.

“A Abratel se solidariza com a família, amigos e demais profissionais que tiveram o privilégio e a honra de conviver com Domingos Fraga e sentirão muito sua falta. Seu legado e história na comunicação brasileira ficarão registrados”, complementa Novaes.

A Record também emitiu um comunicado à imprensa lamentando o ocorrido:

“Com profundo pesar, a Record recebe a notícia do falecimento do jornalista Domingos Fraga, diretor de jornalismo da emissora, na manhã deste sábado, 12 de junho de 2021. Carioca, mas paulista de coração, Fraga tinha 62 anos e sempre foi um apaixonado pelo jornalismo, profissão a que se dedicou por quase quatro décadas. Em sua trajetória profissional, deixou marcas pelas mais importantes redações do país, como IstoÉ e Quem. Também foi professor na Faculdade Cásper Líbero, em São Paulo.

No Grupo Record, atuou nas redações da Record News, R7 e Record. Dentre os cargos que ocupou, foi editor-chefe do Jornal da Record e diretor de redação do R7. Também foi diretor de redação da Record Brasília, onde permaneceu até 2020. Retornou à capital paulista no ano passado e tornou-se Diretor de Jornalismo da Record.

Nossa solidariedade e os mais sinceros sentimentos à família e aos amigos do nosso querido Domingos Fraga”.

Elson Barbosa
Jornalista, encantado pelo entretenimento e pela possibilidade de contar e conhecer várias histórias ao mesmo tempo. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @ellsonbarbosa
Veja mais ›