Documentário de Juliette Freire faz Globoplay espalhar cactos pelo Rio

Juliette
Documentário de Juliette ganha propaganda inédita do Globoplay (Imagem: Reprodução / Instagram)

Campeã do BBB 2021, Juliette Freire ganhou um documentário exclusivo no Globoplay, que pensou em uma maneira muito curiosa para propagar a novidade pela cidade do Rio de Janeiro. O serviço de streaming da Globo montou cactos pelas ruas da capital fluminense.

Para a divulgação do documentário Você Nunca Esteve Sozinha, a plataforma de vídeos da Globo ousou e colocou plantas gigantes próximas de pontos de Ônibus e placas de rua.

O cacto se tornou uma febre na internet durante o BBB 2021. Entre janeiro e abril, os fãs de Juliette Freire usaram o emoji da planta como uma forma de identificação. A moda pegou e desde então a legião de seguidores da famosa passou a ser chamada de “cactos”.

No último episódio disponível no Globoplay, Juliette apareceu ao lado de Lucas Penteado e Lumena Aleluia. Ao ator, a campeã do BBB disse que viu nele o seu irmão.

“A história da minha família foi construída no meio de muitos conflitos sociais. Quando minha mãe encontrou meu irmão, ele era magrinho, negro, a cabecinha raspada e tinha umas feridas na cabeça. Ele dormia no chão, em um papelão”, revelou.

“E, todas as vezes que eu olhava para você, via o meu irmão. Eu não desisti do meu irmão e não ia desistir de você, nunca. Quando as pessoas tentavam te machucar, elas me machucavam também”, desabafou.

Recentemente, Juliette se envolveu em uma polêmica com Antonia Fontenelle. A atriz soltou um termo considerado xenofóbico pela internet e recebeu um sermão da maquiadora.

“Não é força de expressão, é xenofobia. Não existe ‘ser Paraíba’ e ‘fazer paraíbada’. Existe ser paraibano(a), o que sou com muito orgulho. Tire seu preconceito do caminho, que vamos passar com a nossa cultura e não vamos tolerar atitudes machistas e xenofóbicas de lugar algum“, criticou.

“Isso não é brincadeira, isso não é leve, isso machuca e reproduz um discurso de ódio e xenofóbico. Chega! ‘Ah, foi sem maldade’, pouco importa! É sem maldade, mas machuca”, afirmou.

Fontenelle respondeu a ex-sister bastante irritada. “Vocês tentam inverter e usar uma força de expressão minha pra me acusar de xenofobia. Olha o quanto vocês são do mal! É uma milícia do mal, virtual! As autoridades estão de olho em vocês, podem apostar”, avisou.

Confira:

Esse conteúdo não pode ser exibido em seu navegador.

MAIS LIDAS

Paulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email [email protected].
Veja mais ›