Erros e prejuízo: Filha de Edir Macedo causa pânico na alta cúpula da Record

Record
Cristiane Cardoso comanda a Teledramaturgia da Record (Imagem: Divulgação / Record)

Cristiane Cardoso é o nome do momento dentro da Record pela sua liderança questionável à frente da Teledramaturgia do canal. A filha do bispo Edir Macedo tem causado estresse em vários setores da empresa, atrasado o cronograma e causado prejuízo.

O alerta vermelho está ligado por um motivo importante: Reis, a próxima novela bíblica da emissora, não vai ficar pronta antes do fim de Gênesis. Por causa disso, a Record vai recorrer aos folhetins Os Dez Mandamentos e A Terra Prometida.

Segundo informações do Notícias da TV, as várias interferências de Cristiane Cardoso na ordem dos trabalhos é alvo de críticas da alta cúpula da TV. Um dos críticos é Walter Zagari, vice-presidente comercial da Record. Sem planejamento e objetivo traçado na Teledramaturgia, o setor Financeiro deve pagar a conta.

Uma produção inédita vale mais que uma reprise, no caso duas, no horário nobre. Para compensar no bolso dos anunciantes, o canal apela para descontos. Assim, o lucro diminui consideravelmente.

Chateado com a situação, o executivo segue com uma relação de cordialidade com Cristiane Cardoso por respeito ao bispo Macedo. É dele a principal cobrança para que tudo seja organizado o mais rápido possível.

Existe pelo menos dois pontos que causam preocupação na alta cúpula da Record. Primeiro, o medo de ver a Globo recuperar o seu público perdido com Um Lugar ao Sol e Pantanal e, o segundo, o receio do SBT se aproveitar da situação e recuperar a vice-liderança do horário com Poliana Moça.

Com Os Dez Mandamentos e A Terra Prometida, os diretores estão certos que a audiência da faixa nobre vai despencar. Atualmente, Gênesis garante a vice-liderança isolada com médias entre 12 e 13 pontos.

Em resposta à reportagem, Zagari nega um possível prejuízo: “Nós fomos a primeira rede, no olho do furacão, a voltar com uma novela inédita, bem antes até da nossa principal concorrente. Graças a Deus, estamos crescendo 30% no faturamento em relação ao ano passado”.

“A reprise pode não alcançar a audiência da inédita, mas ainda assim continuaremos vice-liderando no horário e, com isso, mantendo o nosso faturamento em linha com o orçado”, aponta.

MAIS LIDAS

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›