Ex-assessor diz que Wajngarten, ex-secretário de Bolsonaro, deu ordens para prejudicar a Globo

Wajngarten
Wajngarten é exposto por ex-assessor do Ministério da Saúde (Imagem: Reprodução / TV Cultura)

Marcos Arnoud, conhecido como Markinho Show, expôs o ex-secretário de Comunicação do Governo Bolsonaro, Fábio Wajngarten, e afirmou que ele deu a ordem para que fosse diminuído os valores de mídia da Globo e que o Ministério da Saúde não falasse com a emissora.

Markinho foi marqueteiro do ex-ministro Eduardo Pazuello. “Recebi uma ordem do ex-Secretario de comunicação Fábio Wajngarten para diminuir todos os valores de mídia da Rede Globo e proibindo o ministro da saúde de falar com eles”, revelou em sua conta no Twitter.

“Claro que não fiz o que ele pediu. Não aceitaria uma ordem desqualificada e inútil. Fiz tudo ao contrário”, declarou aos usuários da rede social. A manifestação do ex-assessor surgiu após a entrevista de Fabio Wajngarten à Revista Veja.

“Wajngarten confessou publicamente na revista Veja que tinha relações com a empresa Pfizer no período em que era Secretário de Comunicação do Governo Federal. Possuía contratos e operações para resolver a vacina”, disse com base na reportagem. “Porém nunca apresentou nada no ministério da Saúde”, salientou.

Segundo Wajngarten em conversa com a Veja, o “Ministério da Saúde nem sequer havia respondido à carta [de compra da vacina da Pfizer]”, e falou sobre a importância da vacina. “Sou filho de médico e sei o que representa a tradição da Pfizer, sei quanto a vacinação é importante e também como isso poderia implodir ou incensar a imagem do presidente da República”, comentou.

Confira:

Paulo CarvalhoPaulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.
Veja mais ›