Ex-BBB Arthur Picoli inicia live sem querer e expõe momento íntimo

Arthur Picoli
Arthur Picoli cometeu gafe no Instagram (Imagem: Reprodução / Instagram)

Na madrugada de terça-feira (03), Arthur Picoli deu o que falar no Instagram. Ao abrir uma live sem querer, o ex-BBB confessou que teve uma relação íntima com uma mulher no carro.

Enquanto o famoso curtia uma festa de Halloween no Rio de Janeiro, ele acidentalmente iniciou uma transmissão ao vivo. Sem perceber o que tinha ocorrido, Arthur seguiu a conversa que estava tendo na hora.

No momento, o ex-brother contou: “Naquela outra festa, fiquei cagado de cachaça e tal, levei a mulher para dentro do carro, levei bronca dos homens lá do condomínio”.

“A menina sentando gostosinho e o cara batendo na janela. Eu falei: ‘Pera aí’. Fiquei puto, voltei para a festa”, completou.

Mais de 2,8 mil pessoas assistiram a live no momento em que Arthur a iniciou sem querer.

Vale lembrar que recentemente o instrutor de crossfit também chamou a atenção na web, mas foi no Twitter. Em meados de outubro, o ex-brother expôs algumas mensagens que recebeu de haters e deixou a plataforma.

“Ou acabem logo com isso e façam o que estão falando ou parem por favor, pela minha família”, escreveu o capixaba.

Essa não foi a primeira vez que Picoli desabafou por causa de mensagens pesadas que recebe. Em entrevista à Quem, o influencer falou que até mesmo sua família foi afetada:

“Quando saí, fiquei bem assustado ao ver os ataques que estava recebendo, especialmente a minha mãe. Minha família é muito simples, de interior. É recatada. Eu nunca tinha visto o meu pai chorar. Quando cheguei em Conduru, fui abraçá-lo e ele desabou. Eu fui atacado até por gente famosa. Meu pai chorou desesperado”.

“Eles chegaram a pedir para o programa, via minha irmã, pela minha saída. Por duas vezes. Quando vi meu pai chorando, eu nem consegui chorar porque vi que agora o que temos é a parte boa. Meu pai chegou a postar o WhatsApp dele e falou: ‘Quem quiser saber sobre o meu filho, me chama. Entre em contato comigo porque ele não é isso que vocês estão achando’”, completou.

A minha mãe também recebeu mensagens horríveis. Teve uma pessoa que disse: ‘Prepare o caixão, que a gente vai buscá-lo no Projac dentro de um’. Minha mãe não queria mais nem que eu voltasse para o Rio. Não queria que eu viesse hoje para São Paulo, por exemplo. Ela não quer que eu fique saindo. Vou ter que mudar de condomínio. Foram coisas que foram acontecendo que não foram legais”, contou.

MAIS LIDAS

Carol Bittencourt
Caroline Bittencourt é jornalista, pós-graduada em Comunicação e Design Digital. Atua como redatora e produtora de conteúdo para redes sociais.
Veja mais ›