Ex-BBB Danrley Ferreira revela que foi vítima de racismo e discriminação sexual

Danrley Ferreira
Ex-BBB Danrley Ferreira revela que foi vítima de racismo e discriminação sexual (Imagem: Reprodução / Instagram)

Danrley Ferreira esteve no Big Brother Brasil em 2019 e ganhou atenção do público, que consequentemente o seguiu nas redes sociais. Foi justamente nessa plataforma que ele denunciou que sofreu discriminação sexual e até mesmo racismo implícito, em duas oportunidades.

Pouco depois do ex-BBB assumir o namoro com Lilly Reis, uma internauta surgiu com a seguinte insinuação: “Danrley é hetero? Gente, eu já vi ele beijando vários caras no Posto 9. Essa Coca é Sprite”.

Além de reagir muito assustado, Danrley negou que seja gay e inspirou uma reflexão bastante pertinente: “Sabe o que eu fico pensando… E se eu fosse bissexual, gente?! Vejo uma galera falando que sou gay pelo meu jeito, mas ninguém comenta a possibilidade de ser bi. Eu não sou, mas a galera esquece real que tem pessoas que simplesmente ficam com mulheres e homens?”.

Depois, o carioca postou um print de uma pessoa o acusando de fingir ser hetero e o discriminando por ele ser da favela: “E mesmo se fosse gente, é uma das coisas mais bobas que eu vejo aqui. Não tô falando da galera que gosta de mim e me acompanha, mas quem tenta me ‘ofender’ de alguma forma com isso. Cara que besteira”.

Os relatos de Danrley Ferreira ficaram ainda mais tensos, quando ele falou sobre sua passagem pelo Leblon — zona sul da capital fluminense — nesse domingo (8): “Fui correr hoje, não consegui desviar a tempo de uma mulher que estava vindo de frente e ela deu uma cotovelada com muita força na boca do meu estômago, mas foi com maldade, tanto q eu caí no chão sem ar e ela saiu correndo e foi embora”.

Um senhor veio me socorrer, porque viu o que tinha acontecido e perguntou se eu não ia atrás dela… Eu falei, senhor, é uma mulher branca do Leblon, eu moro na rocinha, o que eu vou fazer? É capaz de eu ir reclamar e ainda ir preso”, continuou o influenciador, enxergando a questão racial nesse sentido.

Danrley contou que os amigos que corriam com ele também o ajudaram e que um rapaz de sua cor o abordou: “Continuei o treino muito puto querendo chorar, aí um pouco à frente um menino (preto) que tava trabalhando vendendo gelo veio correndo atrás de mim e pediu pra eu parar por favor que ele era muito meu fã, que viu meu vídeo da época do ENEM, que me acompanhou no BBB”.

Ele tava tão feliz que tava me vendo e falando comigo, ele pediu pra tirar foto comigo e tal. Mas mano, o jeito que ele tava falando comigo que gostava de mim, fez eu esquecer a raiva e a tristeza que eu tava sentindo é isso mudou meu dia”, finalizou o famoso, ainda dizendo que o encontro mudou seu dia e pedindo que o desconhecido se identifique no Twitter, para uma conversa.

Confira:

Matheus Henrique Menezes
Oficialmente redator desde 2017. Experiências como editor e social media. Já escrevi sobre famosos, TV, novelas, música, reality show, política e pauta LGBTI+. Vídeos complementares no YouTube, no canal Benzatheus.
Veja mais ›