Ex-Chiquititas, Bruna Carvalho desabafa sobre ter sido agredida por ex e detona amigos

Bruna Carvalho
Bruna Carvalho não revelou o nome do seu namorado abusivo (Imagem: Reprodução / Instagram)

Bruna Carvalho, conhecida por interpretar a Bel na versão mais recente de Chiquititas, desabafou sobre ter sido agredida por um ex-namorado, e os amigos ainda manterem contato com ele.

Sem citar nomes, a atriz mandou a real nos Stories do Instagram: “Toda vez que tenho que vir falar disso e vocês não se tocam. Fora os amigos próximos que se contradizem, que nunca dão apoio ou que nunca se posicionaram para me ajudar”.

“E aí, galera? Vocês não vão parar de seguir o moleque? Passei anos com medo de falar e aí, quando eu falo, a galera que conheço se faz de sonsa”, completou Bruna.

“Não quero que ninguém odeie ninguém, mas vocês precisam seguir? Precisam virar amigo? Não pode ser só educação — coisa que ele não teve comigo, nem a família dele que sabia da primeira agressão fez nada”, disparou a famosa, que já namorou com Leo Cidade, também ex-namorado de Larissa Manoela.

De acordo com a Quem, o ator, que está passando uma temporada nos Estados Unidos, foi procurado, mas não se pronunciou sobre o assunto.

Segundo a publicação, a motivação da ex-Chiquititas em falar sobre o assunto foi pela repercussão do desabafo que Duda Reis fez pelo fato de Nego do Borel estar em A Fazenda 2021. De acordo com a atriz, o funkeiro, enquanto eles estavam noivos, a abusou e a agrediu.

“Nego do Borel, Biel, Cidade e todos os homens que já feriram de forma física, moral, psicológica, etc. Está tudo invertido. Ninguém liga. E não me chamem de ‘ex de…’ eu sempre trampei. Desde os 11. Ele já sonhava em ser fotografado em aeroporto. Ser seguido por paparazzi, tem milhões de seguidores, sem ter feito um único trampo, já com 20 anos de idade. Sobrevive do cartão da mãe achando o máximo”, disse.

Vale lembrar que em 2019, durante o uso da hashtag “#meuexabusivo”, Bruna Carvalho deu seu relato:

“Quando eu terminei meu relacionamento abusivo tudo me deu medo: o cara, as pessoas, contar pras pessoas, conhecer gente nova e voltar a me conhecer. Eu não senti mais amor próprio e voltar a ter forças foi muito difícil. Ele tirou minha autoestima, minha segurança, minha felicidade por muitos meses, minhas roupas mesmo quando eu não queria transar. E quando você é largada sozinha, sem tudo isso e cheia de traumas, ter força e tornar isso um aprendizado é mérito totalmente seu!”.

Carol Bittencourt
Caroline Bittencourt é jornalista, pós-graduada em Comunicação e Design Digital. Atua como redatora e produtora de conteúdo para redes sociais.
Veja mais ›