Ex de Murilo Becker revela caso do jogador com travesti e agressões

Patty Pontes
Patty Pontes detonou o ex-marido, Murilo Becker (Imagem: Reprodução – Instagram / Montagem – RD1)

A ex-mulher de Murilo Becker, Patty Pontes, esteve no 4Talk Cast e soltou o verbo contra o jogador de basquete. Durante o bate-papo com Victor Sarro, Leo Dias e Marina Mantega, ela revelou que o atleta a traiu com uma travesti:

“Ele me traiu com travesti. Ele dormiu, olhei o celular dele. E vi a pesquisa travesti em Mogi das Cruzes e hotel barato em Mogi das Cruzes. Tinha muito problema ginecológico e não entedia por quê. Ele colocava a vida da mãe dos filhos dele em risco”.

E não parou por aí. Patty contou ainda que Murilo teve um caso com a promoter Carol Sampaio. “Ele me traiu com Carol Sampaio e quem descobriu foi minha filha, que viu foto da promoter e escrito ‘estou te esperando no Rio’. Quando descobri ele admitiu a traição e pediu para ficar comigo, disse que se fosse necessário ele trocava de telefone e até de time. Na época ele jogava no Vasco, no Rio e eu morava com as crianças em São José dos Campos“, revelou.

A ex-esposa do atleta o acusou também de agressão e revelou detalhes como aconteceu:

“O primeiro tapa eu tomei com meu filho doente no colo eu caí, bati com a cabeça na parede. A segunda vez que fui agredida eu saí da casa, desci a escada. Pedi para babá cuidar dos meus filhos. Fui até a porta da delegacia chorando muito. Liguei para minha mãe que é advogada e ela disse que atleta não tem seguro desemprego e que meus filhos ficariam sem pensão, pois ele seria preso”.

Segundo ela, a última agressão foi interrompida pela filha deles. “Jogou tênis na cara, me deu murro, quebrou meu maxilar, desmaiei e ele ainda me chutou no chão. Minha filha de 14 anos se meteu no meio implorando para ele parar de me agredir“, revelou.

À Quem, a influencer revelou que as agressões não foram o motivo para que ela pedisse o divórcio do atleta:

“Eu perdoei algumas vezes. Mas toda vez que descobria e ia tirar satisfação, ele me batia. Mas ele era o provedor da minha casa. Nos casamos em total separação de bens, e ele falava que ia me deixar sem nada. Eu aceitei a separação de bens porque realmente me casei por amor, não queria nada dele. Mas as traições foram recorrentes, e foi quando descobri conversas dele com pessoas do mesmo sexo que o dele. Ele estava me traindo e procurando travestis pela rua”.

Ele achou ruim de eu ir tirar satisfações. Printei tudo isso no celular, e esse foi o primeiro celular a ir embora. Ele quebrou três. Toda vez que eu printava algo, ele jogava meu celular no chão e quebrava tudo, então comecei a mandar para a minha irmã antes de confrontar ele. Ela chegou a localizar um dos arquivos em que ele me ameaçou de morte caso eu divulgasse alguma coisa que acabasse com a carreira dele“, contou.

Eu não tinha mentalidade de ficar sozinha com os meus filhos. Meus quatro filhos são especiais. Sem ter casa, sem dinheiro. Sempre imaginei com o que poderia trabalhar se ele me largasse, com cinco filhos sozinha e sem ter onde morar“, seguiu ela, que recebe três salários mínimos do jogador para sustentar os cinco filhos: “Os quatro são especiais. Eles não andam. Eu tenho babá não por luxo, mas por pura necessidade. E hoje vivo em uma casa que é dele“.

Murilo foi procurado para comentar sobre as acusações, mas não se pronunciou e, após a repercussão, deixou o perfil do Instagram privado.

Esse conteúdo não pode ser exibido em seu navegador.

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›