Ex-diretor da Cinemateca é condenado em processo movido por Márcia Goldschmidt

Marcia Goldschmidt
Marcia Goldschmidt vence processo movido contra produtor de cinema Oswaldo Massaini Filho, condenado a quatro anos de prisão (Imagem: Reprodução – Instagram / Montagem – RD1)

A justiça decretou a condenação do produtor de cinema Oswaldo Massaini Filho, no processo movido por Márcia Goldschmidt, que se arrastava desde 2013. Ele foi declarado culpado por furto qualificado, inicialmente em regime semiaberto, por quatro anos de reclusão.

De acordo com o jornalista Leo Dias, do Metrópoles, Massaini era responsável por acompanhar os investimentos da apresentadora na corretora de valores SLW. Ele, no entanto, teria subtraído para si a quantia total de R$ 156.394,22. A decisão entendeu que o acusado cometeu o crime de fraude em prejuízo a Márcia.

Segundo o escritório de advocacia que cuidava do caso para Goldschmidt, Massaini teria transferido os valores da conta da famosa para a sua. Porém, a ex-contratada da Band logo notou a divergência entre os valores aplicados e o saldo que constava em sua conta.

Logo, Márcia acionou a corretora, que descobriu a fraude, através de uma investigação e informou às autoridades competentes. O caso, que corria em segredo de justiça, veio à tona em julho de 2016, quando Massaini Filho foi nomeado diretor da cinemateca pelo governo do ex-presidente Michel Temer.

A ação veio a público através de uma reportagem ao jornal Folha de S. Paulo. Na época, a notícia se tornou um escândalo e a nomeação caiu após a descoberta da acusação.

CONTINUE LENDO →

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.