Ex-Fórmula 1, Nelson Piquet vira motorista de Bolsonaro em ato pró-governo

Nelson Piquet
Nelson Piquet dirige Rolls Royce presidencial com Bolsonaro e crianças (Imagem: Reprodução / Twitter)

Estrela dos atos antidemocráticos organizados para o Sete de Setembro, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) chegou no centro da manifestação pró-governo conduzido pelo ex-piloto Nelson Piquet, no Rolls Royce presidencial. O tricampeão de Fórmula 1 virou alvo de críticas na internet.

Nelson Piquet já manifestou diversas vezes o seu apoio irrestrito ao presidente Bolsonaro e sua raiva contra a Globo. No entanto, a atitude do veterano na manhã desta terça-feira (7) deixou os fãs do automobilismo revoltados.

No Twitter, o público questionou o fato de Piquet ter virado um motorista de Uber no auge dos seus 69 anos. “Olha a consequência da reforma da previdência: nessa idade o Piquet tem que ser motorista de carro de gado em pleno feriado”, disparou um internauta.

Até Ayrton Senna, tricampeão de Fórmula 1, foi alvo de comentários. “Ainda bem que Ayrton Senna é referência como ídolo, porque o Piquet é apenas um hipócrita rico”, atacou outro.

“Três mundiais para virar Uber”, alfinetou uma terceira. “Piquet, de campeão de F-1 a motorista particular de presidente golpista. Deu um upgrade na expressão ‘que morte horrível'”, disparou mais um.

Confira a repercussão na web:

Paulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email [email protected].
Veja mais ›