Galvão Bueno reage contra críticas e explica palavras duras em transmissão na Globo

Galvão Bueno
Apresentador rebateu críticas após transmissão polêmica (Imagem: Divulgação / Globo)

Galvão Bueno dividiu opiniões por causa do comando da transmissão do jogo Brasil x Argentina, que acabou sendo suspenso depois de invasão de agentes da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) em campo. Após as críticas, o apresentador falou sobre o assunto nesta segunda-feira (6).

O apresentador da Globo publicou um vídeo em suas redes sociais e explicou o uso das palavras duras e da expressão “vergonha”. Ele explicou que teve este sentimento em relação às imagens e, principalmente, diante da atitude da seleção argentina de falsificar documentos.

“Bem, amigos, eu volto ao assunto do cancelamento do jogo de ontem principalmente para explicar àqueles que possam não ter entendido bem o que eu quis dizer. Principalmente com a expressão ‘vergonha'”, começou o famoso.

Galvão Bueno seguiu: “Vergonha pelas imagens que foram mostradas, mas principalmente vergonha da atitude da seleção argentina de falsificar um documento. Já existe a prova da falsificação, inclusive o nome de quem fez a falsificação deste documento”.

O narrador da Globo também garantiu que sempre esteve a favor das ações tomadas pelas autoridades sanitárias do país. Ele esclareceu que entende que pessoas que tentaram fazer com que o jogo acontecesse devem ser identificadas e responsabilizadas.

“Também quero deixar claro para aqueles que possam não ter entendido bem que estive sempre, o tempo inteiro, concordando e elogiando a atitude da Anvisa, que, desde o início da história, tentou autuar os argentinos e mostrar que aqueles quatro jogadores tinham que ficar em quarentena e tinham que ser retirados do país”, garantiu ele na rede social.

Por fim, o jornalista disparou: “E também disse de forma muito clara, várias vezes, que, desta forma, o jogo não poderia ser realizado. Mas também continuo achando que aqueles do esporte ou que, de alguma forma, tentaram dar ‘um jeitinho’ nas coisas e tentaram deixar o futebol neste mundo paralelo, têm que ser identificados e responsabilizados”.

Luiz Fábio Almeida
Luiz Fábio Almeida é jornalista, produtor multimídia e um apaixonado pelo que acontece na televisão. É redator e colunista do RD1. Está nas redes sociais no @luizfabio_ca e também pode ser através do email [email protected]
Veja mais ›