Lilia Cabral
Lilia Cabral deve protagonizar nova novela de João Emanuel Carneiro, às 21h (Imagem: Raphael Dias / Gshow)

Nem Fernanda Torres, nem Giovanna Antonelli. A protagonista da próxima novela de João Emanuel Carneiro, com estreia prevista para novembro às 21h, deve ser entregue a Lilia Cabral. Informações exclusivas obtidas pela coluna apontam a atriz como favorita para o papel de uma mãe extremamente má, capaz de maltratar a filha, deficiente visual – tipo reservado, a princípio, para Letícia Colin.

Contra Lilia, porém, pesa o fato dela ter vivido figuras parecidas nos últimos anos. Sua última personagem foi Valentina Marsalla, vilã de O Sétimo Guardião (2018), opositora do filho Gabriel (Bruno Gagliasso) – que acabou redimida nos capítulos finais, após a morte do herdeiro.

Lilia Cabral estreou na Globo em 1984, como Margarida de Corpo a Corpo. Em 1988, foi Aldeíde em Vale Tudo; no ano seguinte, deu vida à beata Amorzinho, de Tieta. Ganhou status de estrela com História de Amor (1995), de Manoel Carlos, na qual vivia a atormentada Sheila. Ainda, Anjo Mau (1997), Laços de Família (2000), Chocolate com Pimenta (2003) e Páginas da Vida (2006).

Em 2008, atuou na primeira novela de João Emanuel para às 21h, A Favorita. Nos últimos anos, esteve com Aguinaldo Silva em Fina Estampa (2011), Império (2014) e O Sétimo Guardião. Fez também Viver a Vida (2009), de Maneco; Saramandaia (2013), de Ricardo Linhares; Liberdade, Liberdade (2016), de Mário Teixeira; e A Força do Querer (2017), de Glória Perez.

O novo folhetim de João Emanuel Carneiro substitui Amor de Mãe, de Manuela Dias, e Em Seu Lugar, de Lícia Manzo (com lançamento agendado para maio). A direção artística caberá a Carlos Araújo, de Éramos Seis; na direção-geral, Gustavo Fernandez, responsável por Órfãos da Terra (2019). JEC, como é chamado nas redes sociais, assinou clássicos como Da Cor do Pecado (2004), Cobras & Lagartos (2006) e Avenida Brasil (2012).

Você está ficando de fora...

Não perca nada!

Saiba tudo o que está em alta no Instagram dos Famosos.

SIGA AGORA