Exibição de filme LGBTQ na Sessão da Tarde quebra um tabu

Globo
Jenny Vai Casar: filme LGBTQ foi ao ar à tarde na Globo (Imagem: Divulgação)

Na tarde desta quinta-feira (6), a Rede Globo rompeu uma barreira importante ao programar a exibição de um filme LGBTQ na Sessão da Tarde. Jenny Vai Casar conta a história da personagem homônima, que sofre grande pressão da família para encontrar um marido e se casar.

Mas os pais ainda não sabem que Jenny é lésbica e namora Kitty, que todos acreditam ser apenas uma colega. Quando revela sua orientação sexual, a família entra em crise. Mesmo assim, Jenny pretende se casar, com a aprovação dos pais ou não.

Trata-se da primeira vez que o amor entre duas pessoas do mesmo sexo é o tema central de um longa-metragem que vai ao ar à tarde. Apesar de exibir a campanha “Todos Pelo Respeito” em seus intervalos e de, gradativamente, tratar os relacionamentos homoafetivos de maneira mais natural, a exibição de um filme LGBTQ na Sessão da Tarde ainda era um tabu.

Isso porque a Globo restringia filmes com essa temática à madrugada. Foi o que aconteceu com o excelente Hoje Eu Quero Voltar Sozinho. A produção brasileira sempre foi relegada ao Corujão ou a extinta Sessão de Gala, mesmo reunindo todas as características de tantos outros filmes que são repetidos a exaustão durante o dia.

A cena mais ousada, porém, sem nenhuma carga de erotismo, mostra o banho dos protagonistas em um vestiário. Com Amor, Simon também tem tudo para se tornar presença frequente nas matinês, tão logo chegue à TV aberta.

Para os leitores com pensamento mais conservador, fica a ressalva: nem todo filme LGBTQ contém cenas mais densas, que poderiam ser consideradas inadequadas para o horário. São as produções tipicamente água com açúcar, mas que levantam o debate pelo respeito a orientação sexual alheia, que merecem uma vitrine melhor.

De resto, valem os mesmos critérios e bom senso utilizados na escalação de qualquer outro título. Que a experiência de exibir um filme LGBTQ na Sessão da Tarde se repita mais vezes!

Novidades no Hoje em Dia

Hoje em Dia
Apresentadores posam no novo cenário do Hoje em Dia (Imagem: Antonio Chahestian / Record)

Nesta sexta-feira (7), a Record reuniu a imprensa para apresentar as novidades no Hoje em Dia, que celebra seus 15 anos no ar em 2020. A começar pelo cenário, que une tecnologia e beleza.

A proposta é fazer com que o telespectador se sinta como se estivesse na sala de sua própria casa. A presença de uma plateia móvel, que poderá interagir com as pautas e quadros, é outra inovação.

Em termos de conteúdo, o destaque fica para a estreia de Hair. O reality comandado por Ana Hickmann vai ao ar às sextas-feiras. Ao longo dos dez episódios, cabeleireiros serão desafiados a demonstrar todo o seu talento, arte e técnica.

Vale a ressalva de que, além da exibição normal, de segunda a sexta, a revista eletrônica também passa a reforçar a programação dominical, a partir de 08 de março.

Vem Aí

Em nossa estreia aqui no RD1, nós antecipamos alguns títulos registrados pela Globo no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI). Hoje, a jornalista Patrícia Kogut desfez parte do mistério.

Cara e Coragem é o nome da próxima novela de Cláudia Souto, a mesma autora de Pega Pega. A trama está programada para ir ao ar no primeiro semestre do ano que vem, após A Morte Pode Esperar.

Falando nisso…

A coluna continua de olho nas atualizações do INPI. Como noticiado pelo jornalista Flávio Ricco, Glória faz parte desses novos títulos. O que o respeitado colega não mostrou, porém, é que já houve a apresentação de um logotipo. Veja acima.

Com isso, tornam-se bastante remotas as chances de o nome ser utilizado para batizar uma novela. A identidade visual não costuma ser revelada com tamanha antecedência.

Finalmente, destaca-se que a Globo requereu os direitos sobre Help, Mãe. Tudo indica que se trata de um quadro ou projeto de afiliada.

Futebol em dose dupla

A presença do futebol masculino nos Jogos Olímpicos de Tóquio está sob risco. Para assegurar a classificação sem depender de nenhum outro resultado, o Brasil precisa vencer o clássico contra a Argentina. Válida pela última rodada do Torneio Pré-Olímpico, a partida está marcada para as 22h30 de Brasília.

Por conta do caráter decisivo, a Globo decidiu mudar a programação. O Domingão terminará pontualmente às 20h. Em seguida, o Fantástico irá até às 21h45, entregando o horário para o BBB 2020.

Sem conseguir patrocinadores, a transmissão do Oscar entra na sequência do futebol. Após o encerramento da premiação, a Globo exibe a reprise completa da cerimônia, com os vencedores de todas as categorias.

Piero Vergílio é jornalista profissional desde 2006. Já trabalhou em revistas de entretenimento no interior de SP e teve passagens pelo próprio RD1. Em tempos de redes sociais, criou um perfil (@jornalistavetv) para comentar TV pelo Twitter e interagir com outros fãs do veículo. Agora, volta ao RD1 com a missão de publicar novidades sobre a programação sem o limite de 280 caracteres.
WordPress Lightbox