Fátima Bernardes leva susto com reação de ator após cortar cena de Pantanal

Fátima Bernardes
Fátima Bernardes comenta sobre Pantanal e leva susto com ator (Imagem: Reprodução / Globo)

Fátima Bernardes comandou o Encontro desta sexta-feira (17) e repercutiu a cena picante de Maria Bruaca (Isabel Teixeira) e Alcides (Juliano Cazarré) no capítulo de Pantanal na última quinta-feira (16). Na hora H, a apresentadora cortou a cena e surpreendeu o ator Marcos Veras.

A pegação mal começou e Fátima interrompeu a sequência para a irritação do convidado. “Não vai mostrar o resto, não?”, questionou Veras, no ar em Além da Ilusão. “É o que é possível para o horário”, respondeu a comunicadora.

Antes, Tati Machado explicou o que aconteceu entre a mulher de Tenório (Murilo Benício) e o capataz de sua fazenda. “Ontem, ela foi lá no Alcides… E ele não resistiu. E, aí, finalmente saiu um beijão. Porque antes eles só tinham dado aquele selinho, um estalinho”, recordou.

Veja Também

Depois da cena cortada, a repórter do Encontro adiantou: “Eu posso adiantar que eles vão para os finalmentes”. Na sequência, Fátima Bernardes perguntou se Veras acreditava que a relação entre Maria e Alcides daria certo, e ele respondeu:

“Eu acredito numa relação da Maria Bruaca com Alcides. Porque ela está animada, libertando-se. Então, não sei se ela vai se apaixonar e se apegar porque ela está meio cansada disso também porque o outro lado maltrata ela. Mas eu acredito que ele vai se divertir. Vai dar alguns estalinhos ali pela tapera”.

Fátima Bernardes acompanha desabafo de Taís Araújo sobre Bolsonaro

No Encontro de ontem, Taís Araújo foi a convidada da vez e desabafou sobre a morte do jornalista Dom Phillips e do indigenista Bruno Pereira. No ar, a atriz de Cara e Coragem rasgou críticas contra o governo federal:

“É tão triste a gente ver algo acontecendo assim no nosso país, a gente fica tão envergonhada, né? Porque são pessoas que estavam ali lutando por todos nós, expondo a vida, colocando a vida, para que nós tivéssemos um país melhor”.

“Esse é o país que mais mata ativistas no mundo. A gente fez Aruanas e falava justamente sobre isso”, disse se referindo ao seriado do Globoplay.

O que você achou? Siga @rd1oficial no Instagram para ver mais e deixar seu comentário clicando aqui

Paulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email paullocarvalho19@gmail.com.
Veja mais ›