A Fazenda 2020: Jakelyne e Mariano expõem indecisão sobre que rumo tomar no jogo

A Fazenda
Em A Fazenda 2020, Jakelyne e Mariano expõem indecisão sobre que rumo tomar no jogo (Imagem: Reprodução / PlayPlus)

Jakelyne Oliveira e Mariano se uniram como um casal e estão alinhados em A Fazenda 2020. No entanto, por serem apenas dois em meio a 18 participantes, os peões estão confusos sobre que rumo tomar no jogo, com a terceira votação prestes a começar.

Confira tudo o que rola em A Fazenda 2020 clicando aqui

Juntos na casa da árvore, Jakelyne analisou: “Você viu que a casa está ficando pesada, né?“. Mariano concordou: “Tá dividindo“. A ex-miss, numa fala discreta, definiu seu modo de jogar: “Eu transito em todos os meios. O que ouço lá, fica lá. O que eu ouço aqui, fica aqui. Tenho pavor de leva e traz.

“Acho que, pela primeira vez, eu não tenho noção do que fazer terça-feira“, reclamou a peoa. “Na verdade eu não soube nenhuma vez“, afirmou o cantor sertanejo, indo na onda. Jake confessou que queria votar em alguém da baia, composta por Juliano, Biel, Rodrigo e Victória: “Dessa vez, o que eu tinha pensado na minha cabeça, não dá por causa da baia. Os meninos que ficaram, é impossível d’eu votar em algum“.

O papo de Jakelyne Oliveira mudou para suas opções de voto, em especial Lucas Maciel: “Selfie é muito estrategista e focado em jogo. Seu eu for [nele], eu sei que eu viro alvo também. Dos que tem aqui, ele é o mais focado“. Mariano enalteceu o conhecimento do peão concorrente: “Ele entende de tudo. É a especialidade dele“.

Sobre a hipótese de ir em alguma das mulheres, ainda refletindo essa divisão de sexos na casa, a peoa concluiu: “Das meninas, qualquer que eu vote, eu viro alvo. Não tem para onde correr“. A formação da roça acontece nessa terça-feira (29).

Confira:

Esse conteúdo não pode ser exibido em seu navegador.

Matheus Henrique Menezes
Oficialmente redator desde 2017. Experiências como editor e social media. Já escrevi sobre famosos, TV, novelas, música, reality show, política e pauta LGBTI+. Vídeos complementares no YouTube, no canal Benzatheus.
Veja mais ›