A Fazenda 2021: Erasmo abre o jogo sobre motivo do divórcio com Pugliesi

A Fazenda 2021
A Fazenda 2021: Erasmo falou sobre a tentativa de ter um filho com Gabriela Pugliesi (Imagem: Reprodução / Record)

Em uma conversa com Tati Quebra Barraco em A Fazenda 2021, Erasmo Viana revelou a razão do fim do seu casamento com Gabriela Pugliesi. Ao ser questionada pela funkeira há quanto tempo está separado, o influencer abriu o jogo.

Saiba tudo sobre A Fazenda 2021 na cobertura do RD1

O fato que culminou com o nosso término foi uma pontinha, um gatilho, um vacilo meu, uma bobeira, descobriu uma coisa antiga minha, um vacilo meu. Eu fui na despedida de solteiro de um amigo meu, em Salvador, com um mês do nosso relacionamento. Ela pegou meu Instagram, viu uma conversa minha com esse brother, um papo de quatro anos atrás. Mas já estava desgastado, o fato de a gente já não estar conseguindo engravidar, porque era coisa de Deus“, contou o ex da influencer.

Na sequência, o peão falou sobre a dificuldade que os dois passaram para tentar engravidar: “A gente estava no processo de um ano para ter filho, mais de um ano, na verdade, fazendo todo tipo de tratamento, gastando uma grana. Tipo assim, já estava esse lance de menino ou menina, já estava há muito tempo discutindo, já vendo um monte de coisa”.

“A gente estava comprando uma casa do lado de onde a gente morava, morávamos em uma casa de aluguel, tínhamos entrado com financiamento no banco, casa de 6 ‘pau’. Mano, já ia dar todo meu dinheiro, ela também, a gente ia fazer o investimento da vida, já tinha sido aprovado o financiamento do banco, já tinha sido assinada toda a papelada da casa, a gente estava para ter filho e Deus falou: ‘Não é para ser’. Foi muito fod* isso, a gente estava de tudo para ter, mais de um ano tentando”, lamentou.

Ela é super saudável, eu sou super saudável, a parte espiritual também super em dia, a gente alinhado para caramba. Mas essas coisas, velho, é coisa de Deus, não tem outra explicação porque assim. […] A gente já estava fazendo a parte da inseminação artificial, que é o que a Ciência chegou mais perto de gerar um filho e o processo mais caro que tem, uma grana fazer isso”, contou Erasmo Viana, que ainda revelou:

“A gente ainda tem cinco embriões congelados, por lei a gente só pode descartar depois de três anos. Então, a gente estava passando por esse processo, a gente fazia a inseminação, só que eles falam que Deus tem que colocar o embrião no óvulo. […] A gente estava forçando a situação que não era para acontecer”. 

MAIS LIDAS

Carol Bittencourt
Caroline Bittencourt é jornalista, pós-graduada em Comunicação e Design Digital. Atua como redatora e produtora de conteúdo para redes sociais.
Veja mais ›