Gil do Vigor é o nome certo para turbinar cobertura insossa do BBB

Gil do Vigor
Gilberto Nogueira, o Gil do Vigor, marcou o BBB 2021; ex-brother está apto para alçar voos altos na cobertura do reality (Imagem: João Cotta / Globo)

A eliminação de Gilberto Nogueira, o Gil do Vigor, frustrou boa parte do público do BBB 2021. Ao longo dos quase 100 dias que passou na casa mais vigiada do país, o doutorando em Economia brincou, brigou, divertiu, chateou… Foi o que se espera de um (big) brother. Entretenimento garantido, Gilberto agora tem inúmeras possibilidades na carreira e de trabalho. A coluna Curto-Circuito, no entanto, torce para que ele se acerte com a Globo.

Com o reality em alta, a emissora expandiu a cobertura para seus muitos “braços”. Há programas sobre no Multishow, bem como em todas as redes sociais. Até a faixa entre o Jornal Hoje e a Sessão da Tarde passou a ser explorada pelo canal, com o Plantão BBB. Todas as atrações padecem, porém, do mesmo mal. Os comentaristas, convidados e influencers mal sabem do que estão falando… As interações, quando não soam frias, são desprovidas de graça.

Durante participação no Plantão BBB com Ana Clara Lima – que cresceu consideravelmente como apresentadora –, Fabiana Karla mal sabia o nome dos participantes. Outro exemplo (do mal) foram os debatedores fixos, de Marcelo Adnet à influencer Foquinha. Com quadros insossos, muitas vezes pré-gravados, tais elementos não agregaram nada ao debate. Ana Maria Braga com seu habitual café da manhã foi muito mais útil ao Big Brother.

Ainda, os boletins espalhados ao longo da programação, sempre com um famoso convidado para dizer o óbvio. Aliás, não foram poucas as celebridades que, munidas apenas das redes sociais nestes tempos de pandemia em que eventos e shows estão suspensos, aproveitaram do BBB para angariar curtidas, sem agregar à repercussão.

Para todas as situações descritas acima agora há o vigoroso Gilberto. Ele se inscreveu, várias vezes, porque ama o reality. É profundo conhecedor dos perfis e das dinâmicas de jogo – na loucura do confinamento, contudo, meteu os pés pelas mãos em diversas ocasiões. Tiago Leifert ressaltou, no papo pós-eliminação, que a presença dele no Big Brother Brasil fez, inclusive, a produção adotar um novo olhar para as próximas seletivas, de buscar quem ama a atração.

Gil é o nome certo para a cobertura do Grupo Globo para o BBB 2022. Espontâneo e divertido, dominou o palco do Plantão BBB desta segunda-feira (3). Assim como Ana Clara e Juliette Freire, demonstra aptidão para as telas. Além disso, vai de encontro à representatividade que a Globo busca. Como Zeca Camargo destacou em seu Facebook, “Gil do Vigor ensinou muita gente aqui fora a se amar, se aceitar e vigorar“. Que a cachorrada siga firme e forte no plim plim.

Falando nisso

O Plantão BBB revitalizou o quadro A Hora da Venenosa, que a Record exibe dentro do Balanço Geral. Dados de audiência obtidos na Grande São Paulo mostram que, em abril, o compilado de notícias sobre celebridades atingiu 9,8 pontos enquanto o insosso spin-off de uma das melhores temporadas dos últimos tempos alcançou 9,4. No arrendondado,10 x 9 – e 21,3% de share contra 20,4%.

Deixaram de seguir

Possível candidato à Presidência da República em 2022, Luciano Huck vem perdendo popularidade nas redes sociais. Segundo um levantamento feito pela coluna, o apresentador perdeu 66 mil seguidores no Instagram somente no mês de abril. 7 mil deixaram de seguir apenas no dia 21 de abril, quando o global se reuniu virtualmente com o senador Tasso Jereissati (PSDB-CE) e o ex-governador Paulo Hartung (MDB-ES).

No Twitter, Huck fechou o mês passado com 35 mil seguidores a menos. Em 29 de abril, quando foi anunciado um encontro com Geraldo Alckmin (PSDB), o marido de Angélica terminou o dia com um saldo negativo de 47 mil usuários. As chegadas de novos seguidores, no entanto, amenizaram os índices negativos no balanço mensal.

A vida depois do documentário

E Karol Conká, quem diria, terminou o mês de abril com 50 mil novos seguidores. A líder de rejeição da história do Big Brother Brasil teve o seu melhor dia da fase pós-cancelamento na data de estreia de seu documentário no Globoplay, A Vida Depois do Tombo. Foram 4 mil seguidores alcançados em 24h no último dia 29.

Dona Hermínia

Além do Vai que Cola – Miami, que estreia no próximo sábado, 8 de maio, a Globo prestará uma reverência ao ator Paulo Gustavo na Tela Quente do dia 10, com o filme inédito Minha Mãe é Uma Peça – 3. O quadro de saúde de Paulo, de acordo com o último boletim médico, é irreversível.

Duh Secco e Daniel RibeiroDuh Secco e Daniel Ribeiro
A coluna Curto-Circuito é assinada por Duh Secco e Daniel Ribeiro, editor-assistente e repórter especial do RD1, respectivamente, e reúne, de terça a sábado, logo cedinho, o que é e vai virar notícia nas próximas horas envolvendo os movimentados bastidores da TV.
Veja mais ›