Globo comete erro e Justiça do DF manda canal retirar reportagem do ar

Globo
Globo é alvo de ação judicial após reportagem sobre naja (Imagem: Reprodução – Globo / Montagem – RD1)

A Justiça do Distrito Federal obrigou a Globo a retirar do ar uma reportagem do Fantástico sobre a naja de Brasília –cobra que atacou Pedro Krambeck, estudante de Veterinária acusado de tráfico de animais. A emissora recorreu da decisão.

Segundo informação do Notícias da TV, Gabriel Moraes Martins dos Santos, o autor da ação, foi confundido pela produção do jornalístico da Globo e teve sua imagem associada ao rapaz investigado por um crime na reportagem “Possível rede de tráfico de animais”.

Em julho do ano passado, Krambeck foi picado por uma naja que ele próprio criava. Com 22 anos, ele foi hospitalizado e ficou em coma. Gabriel Ribeiro de Moura, colega de classe do jovem picado, soltou a cobra da espécie Kaouthi –cujo veneno pode ser letal— próximo de um shopping de Brasília.

No Fantástico do dia 12 de julho, um vídeo foi reproduzido de outro Gabriel, um dos estudantes da mesma faculdade de Moura e Krambeck, saindo de máscara de uma delegacia após dar depoimento sobre o seu suposto envolvimento no caso.

Isabella Gomes, repórter da matéria, chamou o jovem de Gabriel Ribeiro de Moura. O Gabriel Santos colocou a Globo na Justiça por uso indevido de imagem e venceu em primeira instância. Mesmo recorrendo da decisão, o canal retirou o conteúdo do ar em cumprimento da liminar.

A juíza Adriana Maria de Freitas Tapety, da 1ª Vara Cível do Gama, entendeu que a Globo errou e prejudicou a imagem de Gabriel Santos:

“Verifico que os fundamentos apresentados pela parte autora [Gabriel Santos] são relevantes e estão amparados em prova idônea, permitindo-se chegar, em tese, a uma probabilidade de veracidade dos fatos narrados, mormente diante da afirmação da parte autora de que sua imagem teria sido indevidamente associada a ilícito penal relativo à prática do crime de tráfico de animais, teoricamente praticado por Gabriel Ribeiro de Moura e outros”.

Procurada, a Globo disse que não comenta casos sub judice. Um dos advogados de Gabriel Moraes Martins dos Santos, Flávio Winícius de Moraes Martins comentou que o caso está parado.

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›