Globo continua negociação, mas não confirma acordo com a Fórmula 1

Fórmula 1
Fórmula 1 e Globo não fecham acordo (Imagem: Reprodução / Globo)

A menos de dois meses para a temporada 2021 da Fórmula 1, as corridas mais tradicionais dos domingos da TV brasileira não têm uma casa para chamar de sua. A Globo continua em negociação com a Liberty Media, detentora dos direitos comerciais da categoria, mas não tem nenhum acordo fechado.

De acordo com as informações do UOL Esporte, existe um imbróglio com relação ao que a emissora quer pagar e o que a empresa norte-americana considera como justo para os seus cofres. Nenhum detalhe, no entanto, é revelado.

A transmissão via streaming vai começar nesta temporada, mas os detalhes dependem do acordo com a TV, nesse caso, a Globo. A F1 TV Pro, com corridas ao vivo, ainda não foi lançado no Brasil porque não existe uma definição sobre transmissões em português ou o preço mensal, semestral ou anual do pacote.

Ainda de acordo com a reportagem, a Globo tem o desejo de resolver as questões burocráticas e contratuais para apresentar o mais rapidamente possível o seu plano comercial da Fórmula 1 para o mercado publicitário.

O canal da família Marinho manteve o valor que pensou há um ano para o novo ciclo contratual: R$ 20 milhões de dólares, o equivalente a R$ 103 milhões de reais na cotação atual.

A empresa norte-americana pediu 22 milhões de dólares no início das conversas e levou um redondo não da emissora brasileira no início das conversas, ainda em 2020.

Com a recusa da TV, a Liberty entrou em acordo com a Rio Motorsports, mas o bom relacionamento durou pouco e um possível acordo com a Globo foi repensado.

Em 2019 e assim como em anos anteriores, o Brasil representou a maior fatia do público da F1, superando Estados Unidos, Alemanha, Reino Unido, Itália e Rússia. Curiosamente, os países citados possuem representantes na pista, com exceção do Brasil.

Caso um novo contrato seja costurado entre as partes, Globo e F1 estarão juntas em 2021, ano em que a parceria completará 40 anos. O primeiro campeonato foi exibido na íntegra em 1981 e de lá para cá nunca mais saiu das mãos do canal da família Marinho.

AvatarDa Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›