Globo é alvo da web após debate entre pré-candidatos do PSDB; Haddad reage

Globo
Jornal da Globo produz debate entre pré-candidatos do PSDB à presidência da República e vira alvo de ataques (Imagem: Reprodução – Globo / Montagem – RD1)

Os jornais O Globo e Valor Econômico conduziram um debate com João Doria, Eduardo Leite e Arthur Virgílio, pré-candidatos do PSDB ao Palácio do Planalto em 2022. A prévia do partido rendeu críticas de vários internautas antenados no mundo político contra a Globo.

Durante o debate, a moderadora Vera Magalhães abriu espaço para que outros partidos fizessem o mesmo em parceria com os dois veículos de comunicação do Grupo Globo:

“O Globo e o Valor entendem ser seu papel fomentar o debate de ideias na política brasileira. Em países com tradição na realização de prévias a imprensa promove este tipo de evento. Os dois jornais estão disponíveis para realizar debates semelhantes a todos os partidos com mais de 5% dos assentos na Câmara que desejem realizar prévias para a escolha dos seus candidatos”.

Em nome das duas empresas, Vera reafirmou o “compromisso de realizar eventos semelhantes, desta mesma magnitude, com outros partidos que resolverem escolher os seus pré-candidatos por prévias partidárias, que não é uma tradição no Brasil, existem em outros países do mundo e requerem cobertura da imprensa”.

“Esse é o papel da imprensa em um país democrático, e assim esses dois jornais contribuem para este debate público”, defendeu.

Pode isso?

No mesmo evento, o jornal ofereceu assinaturas para quem assistisse o programa. Isso deixou Fernando Haddad, cotado pelo PT para disputar o governo de São Paulo, bastante irritado.

“O jornal O Globo está dando um mês de assinatura grátis para quem assistir o debate dos pré-candidatos tucanos à presidência. Considero a prática imoral e ilegal. Configura doação de recursos em proveito de um partido político. Alguém vai apurar?”, questionou.

Confira a repercussão na web:

MAIS LIDAS

Paulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email [email protected].
Veja mais ›