Globo
No JN, a Globo deu pouco espaço para a soltura de Lula (Imagem: Reprodução / Globo)

A Globo não mexeu na programação da última sexta-feira (8), por causa da soltura do ex-presidente Lula (PT). Quem esperava uma edição do Jornal Nacional focada nos desdobramentos da decisão do STF sobre as prisões em 2ª instância e a soltura do líder do petista se enganou.

William Bonner e Ana Paula Araújo abriram as notícias de ontem com a queda do muro de Berlim, que completou 30 anos hoje (9). Em seguida, vieram um boletim sobre os protestos em Santiago, no Chile.

Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump superou Lula e ganhou a terceira manchete no principal telejornal da Globo, assim como o mercado financeiro, a previsão do tempo, os desdobramentos do caso Marielle Franco e até uma feira de tecnologia, na sequência.

A notícia envolvendo o político solto só apareceu após 18 minutos do início do JN. O telejornal mostrou a saída do petista da sede da Polícia Federal em Curitiba, a subida ao palanque para o seu primeiro discurso e os desdobramentos da decisão do STF.

Focada no ex-presidente, a reportagem durou apenas cinco minutos. Mais cedo, quando Lula cruzou o portão da PF, a Globo exibia a Sessão da Tarde, e só interrompeu para um intervalo comercial previsto na programação. Dentro dele, um boletim do G1 informou em segundos a soltura do metalúrgico.

Famosos comemoram liberdade de Lula

Preso em abril do ano passado, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi solto na tarde desta sexta-feira (8), após o STF decidir, na quinta-feira (7), pela proibição da prisão após condenação em 2ª instância. Lula, condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, terá o direito de aguardar pela conclusão do processo – até o entendimento da 4ª instância – em liberdade. Essa tal liberdade do petista alegrou muitos famosos. E rendeu alfinetadas para Jair Bolsonaro.

Vem, Presidente Lula, trazer o Brasil de volta!”, celebrou José de Abreu, histórico apoiador do PT, no Instagram. “Hoje é dia de ‘perder’ seguidores, ser ‘xingado’ de viado e ser descartado de jobs da Havan (ok, esses eu jamais faria e eles nunca me chamariam). Mas: #LulaLivre”, declarou Luís Lobianco, citando a empresa de Luciano Hang, ferrenho defensor de Bolsonaro.

Outras celebridades foram mais “sutis”. Caio Paduan usou a letra de um rap para legendar uma foto de Lula. Leandra Leal, Johnny Massaro e Débora Nascimento publicaram momentos descontraídos do ex-presidente com a tag “sextou”. Já Bruno Gagliasso fez check-in em Curitiba, onde o petista estava preso. Camila Pitanga e Júlia Lemmertz também se manifestaram.

De forma “velada”, Paola Carosella deu seu recado. “Ser testemunha da história – das melhores coisas que podem acontecer”, twittou a jurada do MasterChef. O ator Alfonso Herrera, famoso no Brasil graças à novela Rebelde, saudou Jair Bolsonaro na legenda de uma imagem em que aparece ao lado de Lula, quando visitou o Brasil por conta do êxito do folhetim mexicano.

Até mesmo opositores do ex-presidente, como Alexandre Frota e Danilo Gentili, opinaram. Ambos cutucaram Bolsonaro.

🔔Boletim RD1 | Notícias dos Famosos