Globo inclui indígenas em oficina de roteiristas

Globo
Globo passou a incluir os indígenas nos processos internos (Imagem: Diego Janatã / Gshow)

A Globo está disposta a trazer mais diversidade para suas produções, em busca de não cometer erros. Prova disso é que a emissora incluiu indígenas nas oficinas de roteiristas.

De acordo com informações de Cristina Padiglione, da Folha, o programa, batizado de Laboratório de Narrativas Negras e Indígenas para Audiovisual (Lanani), tem como objetivo sanar os erros cometidos a partir da exclusão de vozes divergentes nas histórias.

O projeto é uma parceria da Globo com a Festa Literária das Periferias (Flup) e é focado apenas para roteiristas. O primeiro encontro aconteceu na última semana e contou, pela primeira vez, com profissionais indígenas.

Em abril deste ano, a Globo chegou a exibir o especial Falas da Terra, mostrando a realidade desses povos, por trás e na frente das câmeras. Ao todo, a emissora selecionou 40 participantes para a edição do Laboratório.

Deles, 20% são descendentes diretos dos povos originários. A aula inaugural foi comandada pela cineasta Graciela Guarani e pelo diretor da emissora Jeferson De, que faz parte do casting de diretores da Globo e é responsável por desenvolver novos projetos da empresa e o serviço de streaming. Foi ele, inclusive, quem dirigiu Doutor Gama, que chegou recentemente ao Globoplay.

As palestras do laboratório contam com nomes como Paulo Lins, Carolina Kotscho, Martha Mendonça, Elisio Lopes Jr, Pedro Riguetti e Tati Bernardi. Os padrinhos escolhidos para o projeto foram Jorge Furtado e Rosane Svartman.

À publicação, Julio Ludemir, um dos criadores da Flup, disse: “A brutal crise sanitária, política e econômica do país pode ter nos roubado a esperança por dias melhores, mas, qualquer que seja a ideia de futuro para o Brasil, ela obrigatoriamente implica uma ampla discussão sobre as heranças da colonização, marcada pelo genocídio do povo indígena e pela escravização do povo negro“.

Vale lembrar que, das últimas cinco edições, o Laboratório de roteiristas contou com mais de 150 participantes e, desses, 20 foram contratados pela Globo. A edição deste ano vai até o dia 18 de novembro e conta com uma cerimônia de encerramento, prevista para acontecer no dia 25 de novembro.

Da Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›