Globo revela reforços para time de comentaristas dos Jogos Olímpicos de Tóquio

Globo
Ex-jogadora de vôlei, Sheilla Castro está na equipe da Globo de Tóquio 2020 (Imagem: Reprodução/ Instagram)

A Globo revelou novos comentaristas que estarão na transmissão dos Jogos Olímpicos de Tóquio, que começa no próximo dia 23 de julho. O novo nome de reforço é da ex-jogadora de vôlei Sheilla Castro, campeã em Pequim 2008 e Londres 2012.

A ex-atleta se junta a suas companheiras na dupla conquista olímpica Fabi Alvim, Thaísa e Fabiana Claudino, além de Serginho (ouro em Atenas 2004 e Rio 2016 e prata em Pequim 2008 e Londres 2012), Nalbert (ouro em Atenas 2004), Carlão (ouro em Barcelona 1992) e Tande (ouro em Barcelona 1992).

A escalação de craques do vôlei marca presença nas mais de 200 horas de cobertura olímpica da Globo e nos quatro canais do SporTV dedicados ao evento.

“Quatro bicampeãs olímpicas nos comentários! Será muito legal ter tanta gente boa analisando as as partidas. Estou com aquele frio na barriga e estudando muito. As meninas da seleção são minhas amigas, eram minhas companheiras até bem pouco tempo atrás, e é claro que quero vê-las no pódio”, declara Sheilla,

Falando nisso, a Globo conseguiu vencer a corrida contra o tempo e garantiu um valor impressionante pela venda de suas cotas de patrocínio para o evento: R$ 500 milhões.

O número era uma meta a ser batida pelo departamento comercial do Grupo Globo, pelo fato da empresa ter lançado o pacote ao mercado publicitário no início de maio. As vendas ocorreram ao longo de dois meses. A dúvida em relação à realização da Olimpíada foi o grande problema, segundo informou o Notícias da TV.

Ao todo, cinco empresas compraram as principais cotas na TV aberta: Ambev, Bradesco, Magalu, Nivea e Netflix. A Globo fez uma venda integrada para todas as mídias e colocou no mercado dez cotas divididas em ouro (uma cota), prata (quatro cotas) e bronze (cinco cotas).

A mais cara foi comprada pelo Bradesco para TV aberta, TV por assinatura e mídias sociais. Pelos espaços, o banco desembolsou R$ 96,9 milhões. Netflix e Nivea compraram a cota prata, e Magalu e Ambev, a bronze.

Ainda de acordo com a reportagem, Alpargatas e Natura compraram espaços exclusivamente na TV por assinatura e internet. Por enquanto, estão disponíveis apenas três cotas gerais do pacote (uma cota prata e duas cotas bronze).

AvatarDa Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›