Globoplay pretende lançar ao menos uma produção latino-americana por mês

Globoplay
Gabriela Spanic (Paulina) em A Usurpadora; Globoplay disponibilizará ao menos uma produção latino-americana por mês (Imagem: Divulgação / Televisa)

Neste domingo (20), o Globoplay informou que A Usurpadora (1998) entrará para o catálogo em breve. A clássica novela da Televisa, estrelada por Gabriela Spanic, integra o pacote de produções latino-americanas adquirido recentemente pela plataforma de streaming.

Na última semana, a coluna questionou a Comunicação do Globoplay a respeito da disponibilização de tais obras. A informação de que os folhetins importados serão liberados às segundas-feiras, em esquema de revezamento com os clássicos da Globo, não procede. “Pelo menos um conteúdo latino será publicado por mês, mas ainda não há uma periodicidade definida”, informa a plataforma.

Além de A Usurpadora, o streaming terá Marimar (1994) e Maria do Bairro (1995), protagonizadas por Thalia. Tramas recentes como Amar a Morte (2018), Cair em Tentação (2017) e Império de Mentiras (2020) também foram prometidas. Todas da Televisa. O mesmo para Marido de Aluguel (2013), remake da Telemundo para a nacional Fina Estampa (2011).

A investida em títulos latino-americanos teve início, de fato, na segunda passada (14). Série baseada na novela homônima de 2004, Rubi (2020) está no Top 10 desde a estreia no Globoplay, atrás apenas da live que uniu Gilberto Gil e Juliette Freire. A narrativa traz Camila Sodi, sobrinha de Thalia, na pele da arrivista dividida entre dois homens – um deles, noivo de sua melhor amiga.

Cabe lembrar que, a partir de julho, a plataforma terá a primeira temporada de Malhação (1995) e Hilda Furacão (1998). A fase em questão traz histórias semanais, relacionadas aos alunos e professores da academia de Paula (Silvia Pfeifer). A minissérie destaca o romance de Hilda (Ana Paula Arósio), moça da sociedade que envereda para a prostituição, e Frei Malthus (Rodrigo Santoro).

Confira:

Duh Secco
Duh Secco é  "telemaníaco" desde criancinha. Em 2014, criou o blog Vivo no Viva, repercutindo novelas e demais atrações do Canal Viva. Foi contratado pela Globosat no ano seguinte. Integra o time do RD1 desde 2016, nas funções de repórter e colunista. Também está nas redes sociais e no YouTube (@DuhSecco), sempre reverenciando a história da TV e comentando as produções atuais.
Veja mais ›