Ilha Record: Pyong Lee sugere estratégia arriscada e choca participantes com proposta

Ilha Record
Pyong Lee sugere estratégia arriscada no Ilha Record e choca participantes com proposta (Imagem: Reprodução / PlayPlus)

Pyong Lee já mostrou que era jogador desde quando participou do Big Brother Brasil, em 2020, e tem repetido esse mesmo comportamento no Ilha Record, de maneira ainda mais declarada. O explorador sugeriu uma estratégia inovadora para alguns aliados e acabou dividindo opiniões.

Saiba tudo sobre o Ilha Record na cobertura do RD1

O ex-BBB encostou em Nadja Pessoa e Valesca Popozuda para mapear a situação do jogo depois de três pessoas mandadas para o Exílio: “Qual o cenário da semana? Seis contra quarto, eles acalmaram. Estão acuados, tá ok? Eles estão preocupados. A ideia é mandar dois deles, porque tem quatro deles para eliminar. Botar dois deles e um deles sai. Colocar dois fortes para embate”.

Foi então que Pyong propôs que um deles se infiltre na equipe rival e sabote o desempenho da prova em grupo, fazendo o outro time perder, com essa sabotagem: “O último que sobrar, alguém daqui vai ter que bater de frente em algum momento. A configuração de time vai ficar provavelmente três e três. Três aliados de um lado e três aliados de outro”.

Valesca fez um alerta sobre esse plano: “Tem que ver quem vai ser o próximo comandante né?”. O ilusionista continuou desenhando o seu plano: “Eu acho que é a Any. O que não pode acontecer? O time dela ganhar. A gente vai construir isso. Quem dos nossos aliados estiver no outro time, vai perder de propósito”.

Lucas Selfie, que acompanhava tudo de longe, ficou revoltado: “Ninguém tá vendo o que esse cara está fazendo, não é possível”. Mirella, a Gêmea Lacração, também falou: “Eu já me liguei, por isso que tem que colocar pra lascar nele também”.

Dinei não poupou críticas ao concorrente: “Esse cara é muito sujo. Um jogo baixo. Por causa de dinheiro? Pode parar com isso daí. As pessoas perderam os valores. Fiquei triste com a Antonela também”.

Voltando ao assunto, Nadja deixou claro que nem todos concordaram com essa proposta: “Não está definida a estratégia. Alguns estão convictos que vão fazer, outros não”.

Valesca já avisou, em depoimento, que não apoia a estratégia: “Se quiser me tirar da aliança, pode me tirar, mas isso eu não vou fazer. Quero chegar na final, mas fazendo um jogo limpo”. Antonela reivindicou a autoria do plano: “Isso aí foi ideia minha ontem”.

Confira:

Matheus Henrique Menezes
Oficialmente redator desde 2017. Experiências como editor e social media. Já escrevi sobre famosos, TV, novelas, música, reality show, política e pauta LGBTI+. Vídeos complementares no YouTube, no canal Benzatheus.
Veja mais ›