Isabelle Drummond fala sobre fase como Emília e revela planos de construir uma família

Isabella Drummond
Isabelle Drummond revela sonho de construir uma família (Imagem: Reprodução / Instagram)

Isabelle Drummond está motivada a ter uma grande família. Em entrevista à colunista Patrícia Kogut, a atriz falou sobre os seus planos de ser mãe, apesar de não assumir nenhum namoro publicamente desde a separação de Tiago Iorc, em 2015.

Houve uma época em que queria ter vários filhos! Hoje já tenho uma cabeça mais cuidadosa… Não sei! Mas penso no quanto é desafiador. Fico mais nos projetos sociais. Teria uns dois, três, no máximo. Não cinco ou seis como antes imaginava“, disse, aos risos.

Em seguida, a artista falou sobre as iniciativas sociais da qual faz parte, a exemplo da sua ONG, Casa 197, que atende pessoas em situação de vulnerabilidade social.

Os projetos me alegram muito. Creio que não tem uma relação direta com eu ter feito uma produção para o público infantil. Acho que sempre tive essa coisa de agir com quem é mais frágil, uma vontade de justiça que tenho no meu interior. Gosto de gente de idade, de cachorro, de criança, de pessoas que têm deficiência. Não é que gosto mais ou menos, então tenho uma questão de servir, de olhar para pessoas que sinto que precisam ser mais olhadas“, observou.

A atriz, para quem não lembra, marcou uma geração ao interpretar a Emília do Sítio do Picapau Amarelo, há mais de 15 anos. Atualmente, aos 27, ela relembra orgulhosa do período em que deu vida à boneca de pano e conta um pouco das suas experiências na época.

As pessoas me contam tantas histórias do passado. Que eu perguntava várias coisas de adulto, eu me metia na vida delas… Me lembro que de vez em quando eu sumia com uns maços de cigarro porque eu via aquelas fotos horríveis. E tinha pessoas que eu amava muito, que eu era apegada. Aí eu escondia o cigarro. Eles ficavam loucos: ‘Onde está meu maço, Isabelle? Onde está meu maço?’. E fazia muita arte. Mas me divertia“, disse.

Sobre as lembranças da época, a musa revelou: “Foi um período interessante da minha vida. Sempre fui muito independente. Minha mãe passou maus bocados comigo. Hoje ela lembra com alegria. Eu dei muito trabalho na infância. Depois eu fiquei quietíssima. Quando acabou o Sítio, eu já era uma pessoa quieta para caramba. Era aquela fase de adolescente, né? As pessoas nem me reconheciam. Falavam: ‘Cadê a Emília? Desapareceu’. Normal, né? Foi muita energia gasta“.

Recentemente, Isabelle virou notícia após declarar que deu o primeiro beijo em frente das câmeras no ator Miguel Rômulo, aos nove anos. Sobre a polêmica, ela esclareceu: “Eu vi que saiu para caramba nos sites, o pessoal falou. Eu não tenho problema de falar, não. Acho que é bom passar por esses processos para refletir. Isso não significou um trauma para mim nem nada. Eu creio que é importante pensar a forma de fazer e entender que nosso trabalho requer um mergulho forte na mente. Então, é só fazer a desconexão de forma certa e entender os processos pessoais que existem em cada fase“.

Ela detalhou sua opinião: “As vivências de cada fase são importantes e não devem ser desprezadas. Na primeira infância, no “Sítio”, tive acompanhamento de muita gente. O (Roberto) Talma (diretor) foi muito sensível. Ele cuidou muito bem das crianças. Porque éramos pequenos, né? Tinha uma psicóloga no meio e foi um trabalho importantíssimo. Mas tem coisas naturais que acontecem… Como foi a questão do beijo. Mas não ficou nenhum trauma. Só que eu falei e gerou o maior burburinho (risos). Foi engraçado até. Fora que era todo mundo muito amigo, a equipe era legal. Graças a Deus finalizei as transições bem e fui feliz nas etapas. Tudo serve de aprendizado“.

AvatarDa Redação
A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.
Veja mais ›