Ivete Sangalo
Ivete Sangalo foi convidada do programa Amigos, Sons e Palavras (Imagem: Reprodução / Canal Brasil)

Ivete Sangalo concedeu uma entrevista ao programa Amigos, Sons e Palavras, do Canal Brasil, comandado por Gilberto Gil, na qual comentou a respeito de política e fez uma crítica ponderada ao clima de intolerância que cerceia o país nos últimos tempos. 

As afirmações vieram quando o cantor perguntou a ela a respeito do que pensa sobre os que criticam religiões. A cantora, que mais de uma vez recebeu críticas por compartilhar comemorações à divindade Iemanjá e ser vista em terreiros de umbanda, foi enfática.  

”Uma coisa que não compreendo é que a própria pessoa que não aceita tem uma condição de escolhas e não escolhas na vida dela”, afirmou ela. “Às vezes, eu não acho boa sua religião e quero dizer a você. Só que eu tenho outra história na minha vida que outras pessoas não aceitam”, exemplificou a artista sobre intolerância religiosa.

Ivete Sangalo continuou: ”As pessoas ficam tão cegas em torno do próprio umbigo que elas não querem perceber a própria necessidade delas de serem aceitas dentro da sociedade. As discussões são importantes para trazerem à luz uma série de questões, sim”.

“‘Mas hoje as pessoas falam mais do que fazem as coisas. Não falo de grandes feitos, eu falo de dentro de casa, com você mesmo. Você se descobrir se amar, entender você. Você gosta do que você é? Você olha no espelho e gosta disso?“, refletiu a famosa.

🔔Boletim RD1 | Notícias dos Famosos