João Vicente de Castro diz que Mario Frias encarnou Nero após incêndio na Cinemateca

João Vicente de Castro
João Vicente de Castro opina sobre Mario Frias (Imagem: Reprodução – Multishow – RedeTV! / Montagem – RD1)

João Vicente de Castro foi mais um artista que marcou posição contra Mario Frias, secretário especial de Cultura e alvo da campanha “Mario Frias na Cadeia” desde a última quinta-feira (29), quando o país acompanhou as informações sobre o incêndio na Cinemateca Brasileira.

No Twitter, o apresentador do GNT, canal pago da Globo, comparou o auxiliar do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) com Nero, imperador que colocou fogo em Roma.

“Diz o ditado: quando em Roma, faça como os romanos. Em Roma, passeando com dinheiro público, Mario Frias, como sempre canasta [sic], encarnou Nero e botou fogo na cinemateca”, atribuiu.

“Perdemos 60 anos de história. Não foi acidente. É um projeto de destruição da nossa cultura”, culpou. O desabafo do famoso rendeu mais de 6 mil interações na rede social.

A desculpa

Mario Frias culpou o PT pela situação da Cinemateca Brasileira. O partido deixou o Palácio do Planalto em 2016, após o impeachment da então presidente Dilma Rousseff. Nos últimos cinco anos, o país foi comandado dois anos por Michel Temer e três anos por Bolsonaro.

O secretário se defendeu das acusações de negligência: “O estado que recebemos a Cinemateca é uma das heranças malditas do governo apocalíptico do petismo, que destruiu todo o estado para rapinar o dinheiro público e sustentar uma imensa quadrilha de corrupção e sujeira criminosa. Não tivessem feito isto, teríamos verba para criar mil novas Cinematecas”.

A mea-culpa do governista foi motivada por uma crítica de Paulo Pimenta, deputado do PT. “Bolsonarismo é isso: enquanto a Cinemateca do Brasil queima, o secretário especial de Cultura, Mario Frias, e seu braço direito, André Porciuncula, estão em Roma”, relatou.

Confira:

Paulo Carvalho
Paulo Carvalho acompanha o mundo da TV desde 2009. Radialista formado e jornalista por profissão, há cinco anos escreve para sites. Está no RD1 como repórter. Pode ser encontrado nas redes sociais no @pcsilvaTV ou pelo email [email protected].
Veja mais ›