Jornal da Band detona ministro de Bolsonaro após trapalhada com vacina

Jornal da Band
Rodolfo Schneider, âncora do Jornal da Band desta quinta-feira (16), detonou ação do Ministério da Saúde envolvendo suspensão da vacinação de adolescentes (Imagem: Reprodução / Band)

Diretor nacional de jornalismo da Band e apresentador eventual do Jornal da Band, Rodolfo Schneider reagiu à investida do Ministério da Saúde, que suspendeu a vacinação de adolescentes contra a Covid-19. A polêmica medida também gerou comentários e matérias contrárias à decisão do ministro Marcelo Queiroga na Globo, na Record e no SBT – as duas últimas, notórias apoiadoras de Jair Bolsonaro.

Em editorial na edição desta quinta-feira (16) do Jornal da Band, Schneider disparou: “Ministro, ministro Queiroga, pelo amor de Deus! Primeiro o senhor citou ao longo da entrevista coletiva uma informação errada, mentirosa”.

A fake news criada pelo membro do governo Bolsonaro diz respeito à posição da Organização Mundial da Saúde, que solicitou o início da imunização em adolescentes somente após a conclusão do processo em adultos no mundo todo. Marcelo Queiroga afirmou que a OMS não recomenda a vacina para tal faixa e argumentou usando de 1500 casos de reações adversas “num universo de 3 milhões e meio de vacinados”, como destacou o jornalista – apenas 0,04% do total de imunizados.

Rodolfo Schneider prosseguiu com dados mais alarmantes que os do Ministro da Saúde, como os 2 mil adolescentes mortos pelo coronavírus. “Há, como todos os especialistas dizem, muito mais benefícios do que riscos”, ponderou o diretor e apresentador, que lamentou o “alarde completo, de maneira equivocada e irresponsável”.

Fique em silêncio, trabalhe, ouça os técnicos, ouça a ciência, ministro Queiroga, antes que não reste mais nada da sua biografia. O senhor caminha a passos largos para ficar de mãos dados com o ex-ministro [Eduardo] Pazuello”, sentenciou.

A Globo, através do Jornal Nacional, também mostrou o equívoco do Ministério da Saúde nesta oposição às recomendações da OMS, da Anvisa e da própria pasta. O mesmo se deu no Jornal da Record, que chegou a ouvir João Dória, governador de São Paulo, ferrenho opositor de Jair Bolsonaro. O SBT Brasil buscou a opinião de especialistas, contrários às medidas de Queiroga, afirmando que a decisão gera apreensão nos pais.

Confira:

MAIS LIDAS

Duh Secco
Duh Secco é  "telemaníaco" desde criancinha. Em 2014, criou o blog Vivo no Viva, repercutindo novelas e demais atrações do Canal Viva. Foi contratado pela Globosat no ano seguinte. Integra o time do RD1 desde 2016, nas funções de repórter e colunista. Também está nas redes sociais e no YouTube (@DuhSecco), sempre reverenciando a história da TV e comentando as produções atuais.
Veja mais ›