Jornalista da CNN se sente ameaçada pelo Talibã e foge em avião militar

Jornalista da CNN estava no Talibã (Imagem: Reprodução / CNN)

O Afeganistão continua em pânico após a invasão do Talibã e as pessoas estão desesperadas para deixar o país. Desta vez, até a jornalista Clarissa Ward, que trabalha como correspondente da CNN, precisou fugir.

Dias atrás, na emissora norte-americana, ela repercutiu por ter usado uma burca na cobertura da situação do Afeganistão, e agora, conseguiu fugir do país em um avião militar dos Estados Unidos.

Por meio do Twitter, ela mostrou que conseguiu chegar em Doho, capital do Catar, na última sexta-feira (20), e mostrou todos os companheiros sentados dentro do avião. “Em nosso voo e esperando para a decolagem”, legendou.

“Acabei de pousar em Doha com a equipe e aproximadamente 300 refugiados afegãos. Grande obrigada a todo suporte e preocupação, às Forças Armadas dos Estados Unidos por nos levar e ao Catar por nos receber. Somos os sortudos”, disse ainda. Em outra ocasião, a jornalista relatou:
“Eu testemunhei vários momentos assim no aeroporto de Cabul. Uma soldado segurando um bebê afegão chorando. Um marinheiro ajudando um idoso que tinha dificuldade para andar. Um militar correndo com um recém-nascido desidratado para conseguir atendimento médico. Tantos trabalhando duro”.

“O Talibã tem sido bem receptivo e cordial com os jornalistas dizendo que podemos sair e fazer nosso trabalho com as reportagens. Mas sempre se tem uma sensação de estar no limite”, desabafou a jornalista dias antes.

“Com tantos combatentes diferentes, nunca se sabe em quem você vai esbarrar e qual vai ser a reação”, completou. Quem também fugiu da mesma forma foi a cantora Aryana Sayeed, jurada da versão afegã do The Voice.

Em seu perfil no Instagram, ela deixou os fãs atualizados sobre sua situação e mostrou que conseguiu sair do país em um avião de carga dos Estados Unidos, segundo informações são do Daily Mail.

Na imagem, a morena aparecia de máscara dentro da aeronave, mostrando que fez uma escala em Doha, no Catar, e depois seguiu para Istambul, na Turquia. Em seguida, escreveu:

“Minha sincera gratidão a cada um de vocês por seus votos de boa sorte, orações e preocupação com minha presença no Afeganistão”.

Confira:

 

Lucas Medeiros
Lucas Medeiros é formado em Comunicação Social e escreve sobre o dia a dia da TV.
Veja mais ›