Jornalistas detonam Antonia Fontenelle por ganhar diploma sem fazer faculdade

Antonia Fontenelle
Antonia Fontenelle diz que é jornalista (Imagem: Reprodução / Instagram)

Antonia Fontenelle recebeu a carteira da profissão de Jornalismo diretamente da Associação de Imprensa Paulista, por meio do presidente Sérgio Redó, e está causando polêmica nas redes sociais.

Após a informação ser divulgada pelo colunista Leo Dias em sua coluna, vários jornalistas começaram a protestar contra a situação, já que precisam estudar quatro anos pelos seus diplomas.

No Instagram, a página de memes “Virei Jornalista” satiriza quem pratica o exercício irregular da profissão e fez questão de divulgar a notícia, que foi detonada pela classe.

“Essa sim pode dizer ‘virei jornalista'”, debochou uma pessoa. “E a gente aqui se matando em universidade pra não conseguir emprego”, lamentou uma estudante de Jornalismo.

“Ministro da Saúde que não é médico. Jornalista que não tem diploma…”, ironizou mais um, referindo-se aos profissionais que são nomeados pelo Governo Bolsonaro no Brasil.

“Sentaram em cima das pessoas formadas e dos estudantes e foda-se, é isso, a Antônia Fontenelle vai ser Presidente Diretora de Jornalismo em Redes Sociais”, lamentou outra.

No Instagram, Antonia se defendeu dizendo: “Comecei na comunicação aos 15 anos de idade no rádio, desde então não parei mais. TV, Radio, Cinema e graças a Deus uma das precursoras na linha Talk Show na web”.

“São quase 7 anos de luta diária, um dos canais de entrevistas mais reconhecidos no @youtube você mesmo um dia me pediu pra desistir disso quando eu não tinha grana pra pagar minha equipe, mas graças a minha teimosia e persistência, K estou, sendo reconhecida por mérito próprio”, disparou.

“Alguns jornalistas renomados não necessariamente se formaram em jornalismo, o finado Ricardo Boechat era um exemplo, antes que alguém pergunte, minha formação é em artes cênicas, e pra finalizar eu aceitei o convite e honraria do Dr. Sérgio Redó, por me reconhecer nesse lugar de fala, por achar que sou sim merecedora”, afirmou.

“Minha faculdade foi na prática, e não dentro de uma universidade de jornalismo doutrinadora, fazer jornalismo é ser imparcial, é fazer a informação chegar com clareza até o consumidor e falar a verdade acima de tudo, doa quem doer”, completou.

Confira:

View this post on Instagram

Vamos lá meu compadre e grande jornalista de fofoca Leonardo Antônio vulgo @leodias , você bem sabe, mas aposto que muitos não sabem, comecei na comunicação aos 15 anos de idade no rádio, desde então não parei mais. TV, Radio, Cinema e graças a Deus uma das precursoras na linha Talk Show na web. São quase 7 anos de luta diária, um dos canais de entrevistas mais reconhecidos no @youtube você mesmo um dia me pediu pra desistir disso quando eu não tinha grana pra pagar minha equipe, mas graças a minha teimosia e persistência, K estou, sendo reconhecida por mérito próprio. Alguns jornalistas renomados não necessariamente se formaram em jornalismo, o finado Ricardo Boechat era um exemplo, antes que alguém pergunte, minha formação é em artes cênicas, e pra finalizar eu aceitei o convite e honraria do Dr. Sérgio Redó, por me reconhecer nesse lugar de fala, por achar que sou sim merecedora. Minha faculdade foi na prática, e não dentro de uma universidade de jornalismo doutrinadora, fazer jornalismo é ser imparcial, é fazer a informação chegar com clareza até o consumidor e falar a verdade acima de tudo, doa quem doer.

A post shared by ladyfontenelle (@ladyfontenelle) on

CONTINUE LENDO →

A Redação do RD1 é composta por especialistas quando o assunto é audiência da TV, novelas, famosos e notícias da TV.  Conta com jornalistas que são referência há mais de 10 anos na repercussão de assuntos televisivos, referenciados e reconhecidos por famosos, profissionais da área e pelo público. Apura e publica diariamente dezenas de notícias consumidas por milhões de pessoas semanalmente. Conheça a equipe.

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com