Juliette abre o jogo e faz revelação sobre relacionamento aberto

Juliette
Juliette abriu o jogo sobre a vida amorosa e fez uma revelação surpreendente (Imagem: Reprodução / Instagram)

A ex-BBB Juliette Freire abriu o jogo e fez uma revelação sobre relacionamento. Em entrevista ao podcast Escuta, Maria Clara, da revista Marie Claire, a advogada disse que todos os seus namoros foram monogâmicos, mas não descarta a possibilidade de viver uma relação aberta um dia:

“Eu ainda não me acho evoluída a esse ponto. Nunca tive um relacionamento aberto. Paquera aberta eu sempre tive, inclusive dizia para as amigas ficarem, fazia propaganda e incentivava, mas meus namoros foram monogâmicos. Talvez eu evolua tanto que chegue a esse ponto. Ainda estou no pré-escolar na evolução nesse ponto, mas acho o máximo, admiro quem consegue. Tem que ter um acordo, se os dois estiverem bem, tranquilos e conscientes… Agora, não vou mentir que eu teria um medinho”.

Por falar em vida amorosa, a maquiadora chegou a se comparar com o ex-presidente do Brasil, Juscelino Kubitschek, por conta do slogan “50 anos em 5”. Na ocasião, ela disse que ficou muito tempo sem pensar em namoro e, depois disso, passou a ficar com muita gente: “Quando despertei, fiquei enxerida. Foi igual Juscelino Kubitschek, 50 anos em 5”.

Juliette explicou que começou a namorar tarde porque tinha muitos problemas de autoestima. “Não me aceitava bem. Tinha muita espinha, usava aparelho e era bastante gordinha. Talvez por isso nem ligasse para paquera”, explicou.

A mudança, segundo ela, veio a partir da terapia que ela voltou a fazer desde que deixou o confinamento do BBB 2021. A decisão foi justamente para aprender a lidar com a fama:

“Minha vida nunca foi tranquila, mas após o programa tenho tido episódios de ansiedade. Fico suando frio, com o coração na boca, uma sensação de sufocamento mesmo. Tenho medo de não conseguir corresponder a tanto amor. Mas conheço minhas limitações e faço questão de deixar muito claro que não quero estar neste pedestal em que tentam me colocar.”

Havia decidido não ter filhos, mas existia uma dúvida carinhosa dentro de mim. Naquele período de extrema sensibilidade, meus sentimentos estavam mais fortes que minha razão”, explicou.

Então, comecei a cogitar [a maternidade]. Mas, antes, ainda quero outras coisas, inclusive me apaixonar. Se eu disser que quero ser mãe, já vão escolher o pai. Não quero isso, pelo amor de Deus. Meu filho agora é um milhão e meio”, completou.

Guinho Santos
Guinho Santos é formado em Jornalismo e escreve sobre o universo das celebridades há dez anos. Reality show, bastidores da TV e novelas também são seus pontos fortes. Além disso, possui experiência como Social Media e apresentador. Seu canal na web é através do Instagram @guinhosantos__.
Veja mais ›