Juliette Freire regrava música de João Gomes em versão acústica e cantor elogia

Juliette Freire e João Gomes
Juliette Freire regrava música de João Gomes em versão acústica e cantor elogia (Imagens: Reprodução – Instagram / Montagem – RD1)

Juliette Freire continua investindo na carreira de cantora e nessa quarta-feira (3) lançou mais uma música para o projeto Live Sessions, com versões ao vivo de suas canções e hits de outros cantores. João Gomes, intérprete de Meu Pedaço de Pecado, elogiou a colega de profissão.

A campeã do Big Brother Brasil mais recente fez uma releitura acústica do sucesso de João, que inclusive fez questão de comentar no canal do YouTube da paraibana: “Aff… Agradeço por gostar do verso e interpretá-lo com tanto carinho”.

No entanto, a produtora derrubou o vídeo do canal e o site deixou o seguinte aviso: “Este vídeo não está mais disponível devido à reivindicação de direitos autorais de Top Eventos Produções LTDA”.

Nenhuma das assessorias dos artistas se pronunciou, mas João Gomes também elogiou a cantora no Twitter: “Juliette é maravilhosa… que carinho pelo verso ela transmite cantando “meu pedaço de pecado”.

Vale citar que esse projeto audiovisual foi gravado na casa de Juliette Freire e teve a produção musical de Juzé, um compositor conterrâneo que também esteve com ela no EP de estreia da ex-BBB na música.

A versão de Triste, Louca ou Má, conhecida na voz de Francisco El Hombre, está em 3º lugar no ranking dos vídeos em alta do YouTube, com quase 130 mil visualizações. Bença tem mais de 500 mil visualizações, mas figura na 23ª posição.

As próximas faixas a serem lançadas são Sei Lá e Benzin. Dona Cila, na voz de Maria Gadú, será cantada muito em breve. Vixe Que Gostoso e Diferença Mara serão divulgadas nessa mesma semana. Alguns dias depois, Garganta, sucesso de Ana Carolina, fecha a série de vídeos.

Confira:

MAIS LIDAS

Matheus Henrique Menezes
Oficialmente redator desde 2017. Experiências como editor e social media. Já escrevi sobre famosos, TV, novelas, música, reality show, política e pauta LGBTI+. Vídeos complementares no YouTube, no canal Benzatheus.
Veja mais ›