Silvio Santos
Silvio Santos está envolvido em polêmica acerca de concurso de miss infantil (Imagem: Divulgação / SBT)

Nos últimos tempos, Silvio Santos vem se metendo em várias polêmicas. Antes do último episódio envolvendo seu nome, vinculado a racismo – com a cantora negra Jennyfer Oliver, cuja vitória em um dos quadros de seu dominical não foi reconhecida pelo apresentador –, Silvio promoveu um concurso de miss infantil que ainda está em análise na Justiça.

Segundo informações da jornalista Patrícia Kogut, novas denúncias de telespectadores a respeito do conteúdo chegaram ao Ministério Público após a instauração do inquérito civil feita pela Promotoria de Justiça de Osasco. As investigações em sigilo passam pelo promotor Ismael de Oliveira Mota, que vem se debruçando sobre as acusações.

O concurso de miss infantil foi realizado no dia 22 de setembro. Na ocasião, meninas repetiram as disputas pelos títulos de miss, com desfiles em traje de gala e de maiô. Silvio Santos pediu que o auditório decidisse quem tinha “as pernas mais bonitas, o cólon mais bonito, o rosto mais bonito e o conjunto mais bonito“. O quadro e a fala repercutiram na web.

Posteriormente, mais precisamente no domingo passado (8), Silvio recebeu quatro cantoras em um quadro. Jennyfer Oliver foi eleita a melhor pelo auditório, com 84 dos 100 votos. O apresentador então pediu mais dinheiro à produção, deu R$ 500 a todas as candidatas e mais R$ 500 à caloura que ele achou melhor, Juliane. O gesto foi classificado na web como racismo, já que Jennyfer é negra.

Por conta deste ocorrido, o deputado estadual Jesus dos Santos (PSOL) entrou com uma representação contra Silvio Santos, na última sexta-feira (13). A conduta do dono do SBT pode ser tipificada no artigo 20 da Lei 7.716/89, que considera preconceito de raça ou cor o ato “de praticar, induzir ou incitar a discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional”.

Você está ficando de fora...

Não perca nada!

Saiba tudo o que está em alta no Instagram dos Famosos.

SIGA AGORA