Leandra Leal se desculpa por mensagem sobre Bolsonaro, racismo e Covid-19

Leandra Leal
Leandra Leal se desculpa por mensagem sobre Bolsonaro, racismo e Covid-19 (Imagem: Reprodução / Globoplay)

Muitos artistas aproveitam da sua visibilidade nas redes sociais para abordar assuntos relevantes e esse é o caso de Leandra Leal, engajada em causas sociopolíticas. No entanto, a atriz julgou uma de suas mensagens como um deslize e resolveu retratar-se perante aos seguidores.

Tudo começou quando Leandra publicou uma montagem com quatro fotos: uma com o presidente Jair Bolsonaro, outra com uma floresta desmatada, outra representando o novo coronavírus e uma última sobre George Floyd assassinado por um policial branco nos EUA (falando do racismo). Na legenda: “Você só pode eliminar 1. Qual seria?“.

Depois de críticas negativas, a loira resolveu apagar a publicação do Instagram e resolveu desculpar-se pelo ato, em comunicado: “O post anterior era uma crítica: o racismo estrutural foi um dos fatores que levou à eleição do atual governo, que por sua vez não conseguiu controlar a Covid e estimula o desmatamento. Todos são problemas seríssimos; não devem ser comparados e todos devem ser combatidos“.

Eu busco combater todos, inclusive em mim. A dor de quem sofre um desses problemas não é uma coisa que se possa medir. Foi um post extremamente equivocado e não deveria ter postado, por isso apaguei. Sinceramente, me desculpo e prometo tentar não errar outras vezes“, finalizou Leandra Leal, admitindo o erro na abordagem.

A famosa, mesmo assim, ainda foi alvo de comentários negativos e decidiu rebater: Entender um erro e se desculpar não é ser tchutchuca de ninguém. É evoluir. Vocês são engraçados. Eu aprendi com a minha mãe a me desculpar pelos meus erros. Mas era só o que me faltava essa galera reacionária querer criticar a militância por me alertar de um erro“.

Confira:

Matheus Henrique MenezesMatheus Henrique Menezes
Oficialmente redator desde 2017. Experiências como editor e social media. Já escrevi sobre famosos, TV, novelas, música, reality show, política e pauta LGBTI+. Vídeos complementares no YouTube, no canal Benzatheus.
Veja mais ›