Léo Áquilla dá lição de moral ao responder comentários transfóbicos

Léo Áquilla
Léo Áquilla dá lição de moral ao responder comentários transfóbicos (Imagem: Reprodução / Instagram)

Léo Áquilla se tornou oficialmente uma mulher transexual, documentada, em 2008 e antes disso já expressava seu gênero do jeito que realmente expressava sua personalidade. Rebatendo comentários transfóbicos, a famosa deu uma verdadeira lição de moral.

Num vídeo postado no fim da noite de sábado (12), a ex-repórter da RedeTV refletiu sobre as mensagens maldosas que anda recebendo: “As pessoas que dizem que eu nunca serei uma mulher, até certo ponto estão certas porque estão se referindo a ser uma mulher biológica… E biologicamente eu nasci um menino”.

Mesmo com tudo, Léo deixou claro que está muito feliz com o jeito que ela leva a vida e se expressa como ser humano: “O que elas não sabem e deveriam se atentar é que este cabelo, este nariz, essa cara, essas unhas, esse peito e tudo isso aqui completam a pessoa que eu quero ser. Nem homem, nem mulher, apenas eu mesma. Linda, feliz e f#da-se”.

Em janeiro desse ano, a famosa explicou porque não pôde fazer a cirurgia de redesignação sexual: “Eu fiz dois anos de acompanhamento psicológico, estava com tudo pronto. Eu fui impedida de fazer por um problema no coração, um má formação na aorta. O médico achou muito perigoso e eu poderia morrer”.

Por falar sobre as próprias partes íntimas, Léo Áquilla se divertiu ao contar tudo que aconteceu numa visita recente ao urologista, que inicialmente se recusou a chamá-la pelo nome feminino — que já está na identidade — e que depois entendeu a particularidade:

Levantei, respirei fundo e pensei: ‘Eu explico pra ele lá dentro, ele é um senhorzinho e vai entender’. E entrei” (…) Não sou mais um menino. Agora sou uma mulher trans ’. Respirei fundo pra tentar mostrar pra ele que o mundo mudou. Ele era formado desde 1960 (…) E então eu fui explicar que era uma consulta de rotina, porque biologicamente eu sou um menino, então ele precisava dar uma olhada pra ver como é que está. Ele olhava para o meu peito e daí a coisa começou a mudar”.

Confira:

Matheus Henrique MenezesMatheus Henrique Menezes
Oficialmente redator desde 2017. Experiências como editor e social media. Já escrevi sobre famosos, TV, novelas, música, reality show, política e pauta LGBTI+. Vídeos complementares no YouTube, no canal Benzatheus.
Veja mais ›