Cena com Laureta (Adriana Esteves) em “Segundo Sol” revoltou adeptos da umbanda (Imagem: Divulgação / Globo)

A novela do horário nobre da Globo, “Segundo Sol”, voltou a causar polêmica – desta vez de cunho religioso.

Agora, a história de João Emanuel Carneiro causou revolta entre praticantes da umbanda depois de mostrar a vilã da história, Laureta (Adriana Esteves), pedindo a bênção de orixás para a concretização de suas maldades.

Eu não posso usar elementos do candomblé para isso. Nenhuma religião faz o mal, todas partem do preceito de que você nunca faz para o outro aquilo que não quer que seja feito para você“, opinou o cientista da religião e sacerdote umbandista Alexandre Cumino, em depoimento ao jornalista Daniel Castro, do site Notícias da TV.

Já existe um preconceito, uma intolerância contra quem faz parte da religião, do candomblé, quem vai ao terreiro. O que prevalece é a ignorância. As pessoas com quem conversei se sentiram agredidas, estão muito indignadas“, acrescentou ele.

A assessoria da Globo, por sua vez, nega que a sequência em que Laureta pede proteção se referisse a uma prática da umbanda.

Laureta pede proteção aos astros, espíritos, orixás… A todo o Além, sem se referir a nenhuma religião especificamente. Além de ressaltar, como registramos ao final de cada capítulo, que novelas são obras de ficção, vale ainda destacar que Laureta é uma vilã, dona, portanto, de várias atitudes reprováveis que só fazem sentido no contexto da dramaturgia“, afirmou a emissora.

Saiba Mais:

“Segundo Sol”: Expulso da mansão, Severo vai morar no apartamento de Selma

Resumo da novela Segundo Sol – Quinta, 13/09/2018

Acompanhe muito mais na sua Rede Social preferida:

Instagram: @RD1Oficial

Twitter:   @RD1Oficial

Facebook: @RD1Oficial  


Recomendados para Você:

COMENTÁRIOS - Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Está opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!