Lucas Lucco relembra depressão e síndrome do pânico e revela como se recuperou

Lucas Lucco
Lucas Lucco contou como foi a fase mais delicada de sua vida (Imagem: Reprodução / Globo)

Lucas Lucco esteve no É de Casa neste fim de semana e relembrou uma fase complicada em sua vida. Durante o bate-papo na atração global, o cantor comentou sobre a depressão e a síndrome do pânico:

“Em 2016, quando eu estava fazendo novela, estava tentando conciliar novelas e os shows. Então, eu gravava de segunda à sexta, e nos fins de semana fazia os shows. Quando vi, percebi que estava fazendo 30 shows no mês. Fui percebendo que essa correria toda, esses milhões de compromissos, estavam afogando meu amor pela música. E tive depressão, síndrome do pânico…”.

O sertanejo ainda revelou como conseguiu dar a volta por cima e passar por este momento delicado. “Hoje vejo que foi uma forma de Deus me alertar para coisas que eu precisava resolver dentro de mim, precisava fazer um mergulho pra dentro de mim“, disse.

“Foram nesses momentos mais difíceis que vi a importância de ser criança pra Deus, pedir ajuda e pedir que Ele ficasse próximo de mim, como um ser indefeso que sou. Depois de todas as coisas ruins, aconteceram as melhores coisas da minha vida: a sequência da minha carreira, meu primeiro filho, o casamento…“, completou.

Pai de Luca, fruto do relacionamento com Lorena Carvalho, Lucas se derreteu quando o assunto foi o pequeno:

“Nunca esperei sentir um amor tão profundo. Para a mãe, sempre é diferente, pois eles já estão conectados desde sempre. Para o pai é surpreende, e hoje estou totalmente rendido”.

Em recente participação no podcast PodPah, Lucco chegou a fazer uma revelação surpreendente. Dono de um corpão sarado, o músico contou que fez uso de anabolizantes quando era mais novo. “Antes da carreira (musical), eu enchia o c* de bomba. Moleque, né? Morava fora já, com 16 anos eu saí de casa. Bomba, treino, musculação“, confessou.

No entanto, quando começou a cantor, Lucas resolveu parar com o uso perigoso. “Aí, quando eu comecei a carreira, de fato, shows para caramba, 30 num mês, as bombas começaram a dar um negócio na minha cabeça. Porque mexe com emocional. Aí, minha mãe e meu pai chamaram o Muzy (Paulo, que é médico)”, lembrou.

“Fizemos uma reunião lá em um hotel que eu estava, sentou meu pai, minha mãe e o Muzy, e foi como se meus pais tivessem entregado (para o médico): ‘Toma que o filho é seu, você precisa regular esses trens, o moleque está muito nervoso‘”, disse ele, que mudou o estilo de vida e é acompanhado pelo mesmo médico até hoje.

MAIS LIDAS

Guinho Santos
Guinho Santos é formado em Jornalismo e escreve sobre o universo das celebridades há dez anos. Reality show, bastidores da TV e novelas também são seus pontos fortes. Além disso, possui experiência como Social Media e apresentador. Seu canal na web é através do Instagram @guinhosantos__.
Veja mais ›